A Eterna Colonização da África

A- A A+
http://www.anovademocracia.com.br/132/20a.jpg
Resposta a Michele Obama: "Seu marido matou mais garotas
muçulmanas do que o Boko Haram jamais conseguiu"

Há algumas semanas parece que o assunto internacional mais importante para a mídia européia e americana era o rapto de 200 garotas colegiais nigerianas por um grupo terrorista radical chamado Boko Haram. Embora o rapto tenha sido praticado 15 dias antes, o assunto se tornou viral, um favorito instantâneo para os ativistas de poltrona e até para Michele Obama, que tirou foto com cara de choro e uma placa com o hashtag #BringBackOurGirls (tragam nossas meninas de volta).

A Organização Internacional de Trabalho estimou, em 2003, que até 6 milhões de crianças nigerianas já foram traficadas em algum momento de suas vidas. Segundo Emma Cristopher, especialista mundial de casos de escravidão e tráfico de seres humanos, dezenas de milhares de pessoas são compradas e vendidas todos os anos na Nigéria, a maioria são crianças. 40% da produção mundial de Cacau vem da Costa do Marfim. Crianças são traficadas de todo o oeste da África para trabalhar lá.

À medida que a economia da Nigéria expande e o volume das suas exportações de petróleo cresce, aumenta também o numero de ataques terroristas e a presença das tropas americanas do AFRICOM (comando africano do exército ianque). Os ataques do movimento Boko Haram começaram há cinco anos. Segundo especialistas da região, o Boko Haram é financiado e armado clandestinamente pelas forças de inteligência dos estados membros mais importantes da OTAN. Esse apoio seria justamente visando a desestabilização de países da região para justificar a presença militar da OTAN. A investida americana do AFRICOM, que diz buscar “soluções africanas para problemas africanos”, gravita estranhamente para as regiões ricas em petróleo e minerais, como Gana, o Sudão e o Congo.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja