Porto Alegre resiste!

A- A A+

Luta contra a Copa, greves, assembleias populares e retomada do espaço público anunciam junho de luta.

http://www.anovademocracia.com.br/132/08a.jpg
Assembleia de professores

Entre atos públicos, assembleias populares, greves e atividades culturais com o caráter de ocupação de espaço público, Porto Alegre resiste e tenta dar uma resposta popular ao estado de exceção de uma cidade-sede da Copa do Mundo.

Atos públicos

No dia 29 de maio, centenas de pessoas reuniram-se em frente à prefeitura de Porto Alegre para protestar contra a Copa e o estado de exceção FIFA que se espalha pela cidade. A marcha organizada pelo Bloco de Luta também apresentou o caráter de denunciar o processo de criminalização dos movimentos sociais que se acentua por todo o país, dando o destaque para os casos locais, sendo que o Bloco tem dezenas de militantes indiciados judicialmente, e em forma de solidariedade às centenas de pessoas a nível nacional que vêm sendo processadas e perseguidas por exercer o seu direito de lutar.

Em gritos como “Não vai ter Copa, vai ter luta” e “A luta não se reprime, protesto não é crime”, militantes pararam o centro de Porto Alegre por cerca de duas horas para dialogar com a população e convocá-la para as próximas atividades de mobilização na cidade, como a Assembleia Popular Contra as Violações da Copa da FIFA, em 4 de junho, que é um espaço de discussão, debate e organização da luta, visando fortalecer a resistência popular dentro do cenário repressivo de uma cidade-sede da Copa do Mundo.

Municipários e rodoviários

Na mesma quinta-feira (29), cerca de 2.000 funcionários do município organizados através do SIMPA (Sindicato dos Municipários de Porto Alegre) rejeitaram por unanimidade em assembleia, a proposta apresentada pela prefeitura de reajuste salarial de 2,5%, e aprovaram o início da greve geral dos municipários para a partir de 2 de junho.

Com uma agenda de mobilizações que aponta atos públicos e assembleias para até o dia 05 de junho, os municipários estão lutando para conquistar um reajuste salarial de 20% e o direito a um vale-alimentação no valor de R$ 23,00, entre outras reivindicações.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza