Notícias da Guerra Popular

A- A A+

Índia: 10º aniversário do PCI (Maoísta)

No próximo dia 21 de setembro de 2014 se completa o 10° aniversário da constituição do Partido Comunista da Índia (Maoísta), resultado da fusão do Partido Comunista da Índia (Marxista-Leninista) Guerra Popular e do Centro Comunista Maoísta (CCM).

http://www.anovademocracia.com.br/137/20-india.jpg
Cartaz de aniversário dos dez anos do PCI (Maoísta)

O PCI (Maoísta), que dirige a Revolução de Nova Democracia e a guerra popular no país, irá celebrar esse aniversário com diversas atividades. Seus distintos comitês e organizações estão realizando os preparativos.

Reproduzimos aqui o cartaz produzido pelo comitê do PCI (Maoísta) no estado de Odisha. As consignas foram traduzidas e divulgadas na internet pelo blog Gran Marcha Hacia el Comunismo.

Celebrar o 10º aniversário do Partido Comunista da Índia (Maoísta) com espírito revolucionário!

Derrotar a Operação caçada Verde!

Expulsar as companhias transnacionais da Índia!

Construir as lutas de classes antifeudais com a consigna de “Terra para quem nela trabalha!”

Expulsar as companhias da burguesia burocrática compradora que promovem remoções do povo!

Comitê Estadual de Odisha

PCI (Maoísta)

Operação contrainsurgente

Em 26 de agosto, as forças de repressão do velho Estado indiano desataram uma operação contrainsurgente na região fronteiriça entre os estados de Jharkhand e Bengala Ocidental em áreas onde vivem povos tribais e camponeses. Patrulhas policiais e grupos paramilitares ocuparam aldeias nos distritos de Midnapore e Purulia (Bengala Ocidental), Chakulia, Ghorabandha, Shyamsunderpur e Dhalbhumgarh (Jharkhand) sob alegação de que lá há “forte atuação dos maoístas”.


Filipinas: ofensiva de guerrilha contra o latifúndio

http://www.anovademocracia.com.br/137/20-filipinas.jpg
Cartaz de procura do general assassino Palparan

Combatentes do Novo Exército do Povo (NEP), dirigido pelo Partido Comunista das Filipinas, realizaram ações guerrilheiras contra duas grandes plantações de banana no dia 23 de agosto, em Mindanao, no sul do país, afim de neutralizar a ação de bandos armados que atuam na segurança desses latifúndios e tomar suas armas para a guerra popular. Cerca de 50 guerrilheiros atacaram um hangar de aviões em uma plantação de propriedade da Del Monte Filipinas, na cidade de Tubay. Eles desarmaram os seguranças e atearam fogo em equipamentos de pulverização de agrotóxicos. Poucas horas antes, cerca de 60 combatentes do NEP atacaram outro latifúndio produtor de bananas na cidade de Pantukan, desarmando 10 seguranças e tomando suas armas.

Ex-general é preso

Em 12 de agosto, o ex-general Jovito Palparan, assassino de camponeses e comandante de ações de devastação contra aldeias inteiras nas Filipinas, foi preso.

Palparan era procurado há mais de três anos, após o judiciário decretar sua prisão pelo sequestro e desaparecimento de duas ativistas em 2006. As duas jovens nunca foram encontradas.

O ex-general é conhecido pela sua atividade contra a guerra popular. Apelidado de “O Açougueiro”, ele é acusado de inúmeros casos de torturas, sequestros, estupros e execuções extrajudiciais.

Durante sua atividade no comando da 7ª Divisão de Infantaria Mindoro, foram contabilizadas 71 execuções extrajudiciais, incluindo dirigentes sindicais e defensores dos direitos do povo. De fevereiro a setembro de 2005, Palparan comandou a 8ª Divisão de Infantaria de Samar Leste. Ele se vangloriava de haver reduzido a “presença rebelde” em 80% na área.

Também durante seu comando nas forças armadas reacionárias, foram registrados pelo menos 40 casos de êxodo em massa dos moradores de aldeias.

Devido aos seus serviços sanguinários prestados ao Estado fascista, o governo antipovo de Gloria Macapagal-Arroyo o condecorou em março 2006. Após a aposentadoria, Palparan passou a ocupar uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja