Rubinho do Vale para crianças

Artista conhecido e respeitado dentro do universo da música popular brasileira, o mineiro Rubinho do Vale há anos desenvolve um trabalho paralelo para crianças. Cantor e compositor oriundo do Vale do Jequitinhonha, lançou em agosto seu oitavo disco infantil, sempre com a preocupação de levar diversão, conhecimento e cultura para as crianças de todo o país.

http://www.anovademocracia.com.br/138/15a.jpg

Lancei meu primeiro LP na década de oitenta e em 1990 comecei a cantar para crianças também, continuando paralelamente com a música dita para adultos, mas, na verdade, o trabalho se mistura, porque muitos pais gostam mais dos discos infantis que faço do que os filhos —brinca Rubinho.

Esse é o Inventa, um disco que propõe a brincadeira e tem o formato de um livro, de uma revista, com bela ilustração do cartunista João Batista Melado e Wagner Matias. As músicas são cirandas, batuques, rodas, brincadeiras com as palavras, com os números, um convite para a criança inventar, criar, deixar fluir a imaginação.

Rubinho usa em seus discos infantis o mesmo instrumental dos que faz para o público adulto. 

Procuro ter muito respeito com as crianças em tudo, principalmente no que falar nas mensagens. Também não trato os causos, o folclore exclusivamente do Vale ou daqui de Belo Horizonte, e sim elementos do Brasil inteiro.

Canto brincadeiras, um pouco de roda, batuques, canções que componho da minha inspiração, brincando com letras, números, músicas às vezes engraçadas, alegres, que falam de amor, amizade, companheirismo, respeito ao próximo, valorização da escola, meio ambiente, manifestações, cultura popular etc. – continua.

Não só no Vale do Jequitinhonha, mas em todo país e no mundo existe a modernidade com seus aparelhos tecnológicos, também a televisão com suas novelas, e tudo isso de certa forma destruiu um pouco a cultura local, a brincadeira, o folclore. Até mesmo no interior muitas crianças já têm acesso a internet e as brincadeiras são diferentes.

Para Rubinho, por um lado a modernidade tecnológica traz muitas informações para a criança através da internet, mas por outro faz com que brinque sozinha com uma máquina.

Esses joguinhos eletrônicos são bem diferentes de uma brincadeira de queimada, por exemplo, em que brincam várias crianças juntas. Porque brincar, dividir um espaço, batalhar para vencer e depois se abraçar, desenvolve muito o senso de companheirismo, coletividade, respeito, batalha, iniciativa — fala.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin