Pará: camponeses ocupam Incra e bloqueiam rodovia

A- A A+
http://www.anovademocracia.com.br/139/09a.jpg
Ocupação da sede do Incra

Em 15 de setembro, cerca de 300 camponeses de Conceição do Araguaia, Redenção, Santa Maria das Barreiras e Santana do Araguaia, no Pará, organizados pela Liga dos Camponeses Pobres (LCP) e pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Conceição do Araguaia, ocuparam a sede do Instituto Nacional de Reforma Agrária (Incra) exigindo solução para os diversos problemas enfrentados por assentados e acampados da região.

Os camponeses protestaram contra o não cumprimento de acordos firmados em uma ocupação anterior do Instituto em março do ano passado, entre eles os que tratam da desapropriação de áreas na região da Jacutinga e Talismã, em Conceição do Araguaia; vistoria das fazendas Cipó e Forkilha, em Santa Maria das Barreiras; e contemplação do programa do ‘Luz para Todos’ em algumas localidades, assim como liberação de Crédito Habitação para colonos de algumas regiões rurais. Com a sede ocupada, os camponeses exigiram a presença dos superintendentes do Incra de Marabá e de Brasília para debater a pauta de reivindicações.

O protesto provocou grande repercussão em toda a região e, rapidamente, delegações de camponeses de várias áreas somaram-se a ocupação, que foi mantida por duas semanas e chegou a reunir 380 pessoas.

http://www.anovademocracia.com.br/139/09b.jpg
Bloqueio da rodovia PA-287

Em 29 de setembro, enquanto parte dos camponeses mantinha a ocupação, outra parte seguiu em protesto pelas ruas de Conceição do Araguaia e dirigiu-se até as agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, onde entregaram ofícios com cobranças relativas ao programa ‘Minha Casa, Minha Vida’.

Após quinze dias de ocupação, sem haver resposta do Incra às demandas apresentadas, os manifestantes decidiram bloquear a rodovia estadual PA-287, que liga o Sul do Pará  ao estado do Tocantins, exigindo a presença do Incra Nacional em uma reunião. O bloqueio da rodovia iniciou às 5 horas da madrugada. Uma barricada com pneus em chamas fechou as duas vias da rodovia e somente a passagem de ambulâncias foi permitida pelos camponeses, que agitavam palavras de ordem.

O trânsito foi liberado após doze horas de protesto, quando os manifestantes receberem um ofício do Incra Nacional comprometendo-se em comparecer a uma reunião em 9 de outubro.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia
LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja