Europa: fascistas ‘surfam’ na xenofobia

http://www.anovademocracia.com.br/142/15a.jpg
Búlgaros fazem transporte de alimentos na Alemanha

Uma série de ataques a um centro de acolhimento de refugiados em Roma por grupelhos fascistas vem escandalizando a tudo quanto é poderoso da Europa. Até o “papa” Bergoglio, que falou em “emergência social”, mas não disse uma palavra sequer sobre as movimentações, sobretudo dos chefes dos países centrais da Europa do capital monopolista, visando manejar a insegurança em todos os níveis da vida instalada pela crise e pela “austeridade” para, de forma sub-reptícia, disseminar e institucionalizar a xenofobia, criando as condições e preparando o terreno para a eclosão de episódios como os de meados de novembro na Itália.

Na Alemanha, além de pretender criar leis que lhe permitam expulsar do país estrangeiros que fiquem mais de três meses desempregados, a administração Angela Merkel quer ter sempre à mão também a possibilidade de deportar imigrantes que “abusem” dos seus direitos, nomeadamente os direitos que se referem ao recebimento de prestações sociais, em ameaça dirigida sobretudo aos trabalhadores búlgaros e romenos, que, desde o dia 1° de janeiro de 2014, podem circular em busca de trabalho por todos os países-membros da UE.

Segundo a administração da senhora Merkel, o peso dos pagamentos de direitos e a prestação de serviços públicos de educação e saúde a cidadãos do Leste Europeu está “esmagando” os orçamentos de algumas regiões da Alemanha, ainda que dados do próprio ministério alemão do Interior informem que búlgaros e romenos constituam apenas 0,7% das pessoas que têm acesso a direitos como estes.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected].com

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin