Música espaço de cultura

Talentosa e disposta a brigar em favor da música que representa um povo, a cantora paulistana Bia Goes transita por vários estilos, trabalhando o samba, choro, forró, etc., com o mesmo entusiasmo. Seguindo a linha da pesquisa, Bia se prepara para lançar seu terceiro CD, que promete ser mais uma contribuição para a história da música popular brasileira.

http://www.anovademocracia.com.br/148/14a.jpg

— Filha de músicos, cresci ouvindo música brasileira. Na minha casa sempre se ouviu muita música e principalmente instrumental. Meu pai, Arismar do Espírito Santo, é um grande músico; minha mãe tinha uma banda chamada Banda da Patroa, que também muito me marcou — conta Bia.

A Banda da Patroa foi idealizada nos anos 80 pela pianista e arranjadora Sílvia Goes, mãe de Bia, com a proposta de tocar vários ritmos brasileiros em formato de gafieira.

— Não tardou para eu conhecer um pouco da MPB. Quando ouvi Chega de Saudade, Tom Jobim, pela primeira vez foi tocante. Como nossos pais, com Elis Regina, foi impressionante — relata.

— São canções que ainda me lembro da sensação de colocar na vitrola e me deparar com aquele mundo. E acabei entrando profissionalmente nesse mundo muito tempo depois, há 10 anos, em um show que homenageou Dorival Caymmi .

— E só de pesquisar a obra do Caymmi já nasceu a minha influência de pesquisadora, porque aprendi a olhar para a obra como um todo. Procurei as características mais marcantes e que tipo de arranjo poderia fica melhor.

Bia diz que sempre teve músicos muito bons do seu lado, competentes nessa função.

— Minha mãe sempre rearmonizou músicas para mim e aprendi muito com ela nesse e em outros sentidos. Nessa pesquisa ouvi muito samba, porque com o Caymmi o samba era uma questão natural comenta.

— Depois fiz shows sobre Carmem Miranda pelo interior de São Paulo, Brasília, e ganhei o prêmio Bibliomúsica. E gravei o CD de pesquisa Três em 3x4, um retrato da valsa brasileira, acompanhada por vibrafone e piano, Silvia Goes e Ricardo Valverde. Pegamos canções já existentes e fizemos uma releitura .

— Então formamos uma equipe de resistência, no sentido de fazer questão de resgatar as origens e as maneiras de se tocar, e de se interpretar a arte e a visão brasileira da canção. Essa linhagem de pesquisa, inclusive, define a minha personalidade artística — declara.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro