Palestina: o caminho incontornável da resistência

A- A A+

Um relatório da ONU divulgado no fim de março mostrou que 2014 foi o ano mais sangrento do genocídio na Palestina desde 1967, ano da Guerra dos Seis Dias. O número de “civis” palestinos assassinados por Israel no ano passado passou da marca dos 1.500 mortos. Trata-se, porém, de um número balizado por premissas capciosas.

Este recorde de mortes de “civis” palestinos na conta do fascismo-sionismo foi conquistado, diriam os cabeças do genocídio na Palestina invadida, graças à “Operação Limite Protetor”, a mais sangrenta invasão sionista da Faixa de Gaza em uma década, que deixou na verdade pelo menos 2.205 palestinos mortos (número oficial), “civis” ou militantes da justa luta armada contra Israel genocida. Além disso, a “Operação Limite Protetor” provocou o maior deslocamento de pessoas na faixa de Gaza desde 1948, por causa da destruição de 113,5 mil residências pelas bombas de Israel.

Justamente no momento em que surge esta informação (na verdade, no mesmo dia, 26 de março), a organização Anistia Internacional passa um belo atestado de ser parte integrante do conjunto de atores e engendros (como a própria ONU) que permitem a perpetuação ano após ano deste genocídio na Palestina invadida, ao reforçar o mito do “conflito israelo-palestino”, acusando “grupos armados palestinos” de cometerem “crime de guerra” justamente durante aquela última grande operação de extermínio e destruição de Israel na Faixa de Gaza.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja