Luta pela terra

A- A A+

MG: propaganda da Revolução Agrária na Unimontes

Comitê de Apoio à Luta pela Terra em Montes Claros
http://www.anovademocracia.com.br/159/09a.jpg
O Comitê de Apoio a Luta pela Terra em Montes Claros realizou grande agitação na universidade

O Comitê de Apoio à Luta pela Terra em Montes Claros — formado por operários, estudantes, professores, intelectuais, artistas populares e demais apoiadores do movimento camponês combativo e da Revolução Agrária na maior cidade do Norte de Minas Geraes — realizou várias atividades na Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) nos dias 28 e 29/09, com o objetivo de propagandear a luta pela terra na região e para a preparação do 8° Congresso da Liga dos Camponeses Pobres(LCP) do Norte de Minas e Sul da Bahia.

Exposição de fotografias

 Dezenas de fotos do arquivo da LCP foram expostas no hall  do Centro de Ciências Humanas da Unimontes: imagens de tomadas de terras,  acampamentos, congressos, manifestações, atividades artísticas,  culturais e de lideranças históricas do movimento camponês combativo da região, contando um pouco da história dos mais de 15 anos de atuação da LCP no Norte de Minas, através de registros feitos por fotógrafos anônimos, em sua maioria, ativistas e apoiadores do próprio movimento.

http://www.anovademocracia.com.br/159/09a.jpg
O Comitê de Apoio a Luta pela Terra em Montes Claros realizou grande agitação na universidade

O “Catrumano Geraizeiro”

 O professor de Teatro da Unimontes, Leonardo Alves, um dos organizadores do evento, apresentou a performance o “Catrumano Geraizeiro” durante a primeira noite da exposição. A apresentação é parte de um amplo trabalho de pesquisa sobre a cultura regional. Nela é retratado um pouco sobre a formação do povo norte mineiro, bravo sertanejo, “meio baiano, meio mineiro”, que ama e luta com unhas e dentes por sua terra.

http://www.anovademocracia.com.br/159/09a.jpg
O Comitê de Apoio a Luta pela Terra em Montes Claros realizou grande agitação na universidade

Debate sobre a atualidade da questão agrária

 Estudantes e professores, em sua maioria do curso de Geografia, ouviram a exposição de um representante da Comissão Nacional das LCPs e debateram sobre a situação da luta pela terra no país e na região e a sua relação com o convulsionado momento político de crise por que passa o Brasil e o mundo. Reafirmando o chamado do 8° Congresso da LCP, Contra a crise: tomar todas as terras do latifúndio!, o representante da LCP denunciou a política pró-latifúndio do gerenciamento petista e ressaltou a importância estratégica da luta pela terra para a construção revolucionária de uma nova e verdadeira democracia em nosso país.


Nova ameaça de despejo na região de Buritis

Com informações da LCP

No final de setembro, mais de 60 famílias camponesas do Acampamento 10 de Maio, em Buritis (RO), receberam uma ordem para desocuparem as terras da fazenda Formosa, onde estão morando e produzindo. O juiz federal Herculano Martins Nacif, que emitiu a reintegração, autorizou a polícia a destruir os barracos, construções e roças dos camponeses alegando que tudo o que construíram foi de má-fé.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja