Notícias da Guerra Popular

Índia: guerra popular conquista vitórias

Com informações do blog Revolución Naxalita

http://www.anovademocracia.com.br/172/24a.jpg

No último 6 de junho, o Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelo Partido Comunista da Índia (Maoísta), mobilizando mais de 100 combatentes, desatou um contundente golpe a uma base contrainsurgente das forças de repressão do velho Estado fascista indiano. A base pertence à Polícia de Fronteira Índia-Tibete (PFIT).

A ação contou com um cerco por três frentes à base do Batalhão 41 da PFIT, na zona de Ranapal. Os guerrilheiros dispararam foguetes e abriram fogo contra a base contrainsurgente por várias horas. O EGLP se retirou e não registrou-se uma única baixa.

Já no dia 19 de junho, o EGPL realizou nova ação que culminou em um agente da repressão aniquilado e dois feridos. Os agentes pertenciam à unidade de elite conhecida como Comando de Ação Decidida (CoBRA, sigla original) da Força Policial de Reserva Central (FPRC). O ataque exitoso ocorreu no distrito de Aurangabad, enquanto o batalhão do coBRA se deslocava em dois veículos militares rumo ao seu acampamento em Pahari de Bali, segundo a imprensa local The Hindu.

O CoBRA é a elite das forças policiais reacionárias indianas que combatem a guerrilha maoísta e são responsáveis por inúmeros crimes de guerra e genocídio contra simpatizantes da guerrilha ou populações pobres, constando execuções sumárias em falsos “encontros”, torturas e violações de presas e presos políticos.

Esses dois ataques exitosos constituem uma particular vitória militar, política e moral para o EGPL e para o PCI (Maoísta) que o dirige, uma resposta contundente ao genocídio e barbárie sistemáticos aplicados pelas forças reacionárias do velho Estado indiano serviçal do imperialismo contra todo o povo. Entre essas barbáries mais recentes está o assassinato e abuso sexual de uma jovem pertence à população tribal, Madkam Hidme, após ser sequestrada de sua casa pela repressão, indiretamente vingada por essas ações do EGPL.


Filipinas: emboscada aniquila agente da repressão

Com informações do blog Defensa del PCP

http://www.anovademocracia.com.br/172/24b.jpg

Um destacamento de oito membros da polícia da cidade de Baleno (extremo sul da ilha de Masbate) foi emboscado em 12 de junho pela manhã por guerrilheiros maoístas do Novo Exército do Povo (NEP), dirigido pelo Partido Comunista das Filipinas, ao regressar à estação da polícia.

Os guerrilheiros do NEP detonaram uma mina atingindo o veículo policial, que saiu da estrada e colidiu com uma parede de concreto. Ao final da ação, os combatentes maoístas dispararam com armas automáticas contra o veículo policial. Um oficial da polícia acabou aniquilado e outros dois ficaram feridos. Um rifle M16 foi capturado pelos guerrilheiros.

 

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin