União Europeia: imperialismo inglês sai do bloco

Em meio ao fechamento da presente edição do AND, veio a público a saída do Reino Unido da União Europeia. Na próxima edição do jornal produziremos uma matéria mais completa e analítica sobre o fato.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Confirmando a crise geral do imperialismo e acentuando-a, o imperialismo inglês decidiu pela sua retirada do bloco denominado União Europeia, criando ainda mais distúrbios no seio dos monopólios ingleses e rufando novamente os tambores de uma maior e superior pugna entre as potências e superpotências em defesa dos interesses de seus grupos de poder e monopólios, pela hegemonia e por uma nova repartilha das nações oprimidas do mundo.

Tal decisão, apresentada como uma “decisão popular” por ter sido ancorada em um plebiscito — processo antecipado por uma ampla e imensa campanha que prepara a opinião pública a decidir de acordo com os interesses dos monopólios principais —, também confirma que a lógica do imperialismo é o monopólio e a concentração, sendo as aparentes coalizões formadas pelos imperialistas meras medidas relativas que servem para fortalecer a pugna entre eles.

Também se aponta, em todo o mundo, para a ascensão de forças e políticas cada vez mais abertamente fascistas e voltadas à pugna entre os imperialistas; esta é a saída que os monopólios e os imperialistas sacam para sufocar as lutas de libertação e assegurar suas semicolônias na nova repartilha em curso.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin