Companheiro Marcos: presente na luta!

http://anovademocracia.com.br/174/07c.jpg

As reviravoltas e necessidades da vida o levaram a participar, junto com cerca de 200 famílias proletárias, em 1996, da tomada de um terreno abandonado da prefeitura de Belo Horizonte, na região do barreiro – a vitoriosa ocupação denominada Vila Corumbiara, em homenagem a heroica batalha camponesa de Santa Elina, ocorrida em Rondônia, no município de Corumbiara, no ano anterior.

Foi o despertar de sua consciência de classe. Seu integral empenho no cumprimento das tarefas de defesa da ocupação, sua integração nas demais atividades do acampamento, sua dedicação à luta popular, seu espírito proletário e grande coragem, o levou à maior integração nas lutas operárias do Marreta e da Liga Operária. Surgia um ativista de valor que a partir daí dedicou seus maiores esforços ao zeloso cumprimento de todas as tarefas em que era demandado.

Proletário consciente, demonstrou a compreensão da fundamental aliança operário-camponesa e se dedicou a cumprir inúmeras tarefas de apoio à luta camponesa, participando de apoio às tomadas de terras, preparação de reuniões, congressos, etc.

Na madrugada do dia 22/07/2016 sofremos a perda desse grande Companheiro Marcos Antônio Cardoso Costa, popularmente conhecido como “Pirata”, vítima de um infarto. Esse fiel ativista das causas populares, leal, simples e dedicado, sem egoísmo, muito dedicado às tarefas, à família e aos companheiros, cumpriu com vigor as inúmeras tarefas da luta operária e seu nome continuará inscrito em nossas atividades, avermelhando ainda mais nossas bandeiras e presente em nossos corações e nossas lutas.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin