Nas escolas, nas praças, nas ruas, nos muros... o povo rechaça a farsa eleitoral

A- A A+
Pin It

Começou a campanha de boicote

Não vote! Eleição é farsa!

http://www.anovademocracia.com.br/177/12-01.jpg

Como noticiamos em nossa última edição, em todo o país iniciativas estão sendo tomadas pelo povo e por organizações populares para denunciar o caráter farsante das eleições no Brasil que, agora em 2016, “elegerão” aqueles que vão gerenciar os mais de 5 mil municípios brasileiro (prefeitos e vereadores). A população tem mostrado cada vez mais sua justa indignação contra a farsa eleitoral e toda essa patranha de eleitoreiros que tentam entrar e/ou se manter nas gerências de turno sob o suor e sangue de nosso povo. Descreveremos aqui algumas destas iniciativas.

Operário dá o recado

http://www.anovademocracia.com.br/177/12-02.jpg

Em 29 de agosto, quando a última edição ainda estava sendo impressa, postamos no Blog da Redação uma foto tirada por Eduardo Magrão em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), que mostra a entrada da casa de um operário da construção civil com uma placa escrita Eleição é farsa: Não vai mudar sua vida em nada. Não vote!

Agitação nas ruas

http://www.anovademocracia.com.br/177/12-03.jpg

No dia 6 de setembro, ativistas realizaram uma agitação pública pelo boicote ativo às eleições na saída do terminal das barcas de Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A atividade foi promovida em conjunto por movimentos populares e mais de 500 exemplares de edições passadas do jornal A Nova Democracia foram distribuídos.

Em 7 de setembro, durante a manifestação ‘Grito dos Excluídos’, realizada anualmente no dia da farsa de “independência” do Brasil, ativistas de organizações populares levaram uma grande faixa com a palavra de ordem Não vote! Lute pela Revolução!

No mesmo dia, ativistas levantaram uma faixa com a inscrição Eleição é farsa! Não vote! durante manifestação realizada em Fortaleza (CE).

Indígenas proíbem candidatos em aldeias

http://www.anovademocracia.com.br/177/12-04.jpg

Indígenas da etnia Huni Kuin proibiram a entrada de candidatos das eleições municipais em aldeias do município do Jordão, no interior do Acre. Em declaração à imprensa, o presidente da Federação do Povo Huni Kuin do Acre (FEPHC), Minawá Huni Kuin, declarou: “Nas eleições passadas os candidatos vinham dividindo a comunidade, causando grande impacto na relação social dentro das aldeias. Quando acabam as eleições, os candidatos somem e a comunidade continua dividida, sem conseguir se relacionar”.

Campanha "Não vote, reaja" em Belo Horizonte

http://www.anovademocracia.com.br/177/12-07.jpg

Na sexta-feira, dia 5 de agosto de 2016, a Reaja ou Será Morta, Reaja ou Será Morto fez o lançamento da Campanha Não Vote, Reaja! Esta é uma campanha nacional de boicote à farsa eleitoral a qual reafirma que esta luta deve se dar através da organização e da militância no chão: quilombo/favela/rua/cadeia. O Estado genocida só aparece nas comunidades para oprimir, massacrar e exterminar o Povo Preto. As comunidades existem e resistem e não precisam de candidatos para representá-las no Estado burguês/racista. “Quilombistas não reivindicam, quilombistas tomam!”.

(Trechos da nota do Instituto Helena Greco de Direitos Humanos e Cidadania)
Belo Horizonte, 10 de agosto de 2016

Moradores expulsam candidatos da farsa eleitoral

http://www.anovademocracia.com.br/177/12-06.jpg

No interior da Bahia, moradores de Mapelete, município de Simões Filho, hostilizaram o vereador Jailson Sores, mais conhecido como Jajai, por ocasião da visita deste ao bairro em período de pré-campanha. Um vídeo publicado nas redes sociais no final do mês de julho mostra o vereador sendo vaiado e expulso do bairro. A população denunciou ainda durante o protesto que os políticos só aparecem na comunidade de quatro em quatro anos pedindo votos. Informações divulgadas em órgãos da imprensa local afirmam que assessores de campanha chamaram a PM para garantir a segurança da retirada.

Músicas e versos de Jessier Quirino, o Poeta Matuto, sobre a tal politicagem

http://www.anovademocracia.com.br/177/12-05.jpg

De domingo agora a oito

De domingo agora a oito
É dia de eleição
É dia do pleiteante
Do fundo do coração
Perguntar: o que desejas?
A quem tem de louça um caco
De terra só tem nas unhas
E mora de inquilino
Numa casa de botão
De domingo agora a oito
É dia “arreganha-cofre”
É de ajudar os que sofrem
É dia do estende a mão
E se agarrar com farrapos
De mastigar vinte sapos
E não ter indigestão
É dia de expor na fala
Que bem conhece o riscado
Ninguém come mais insosso
Ninguém bebe mais salgado
De domingo agora a oito
Não relampeja e nem chove

Politicagem

A tal da politicagem?
É o acento circunflexo da palavrinha cocô
É feito brigar com um gambá
Pois mesmo o cabra ganhando
Sai arranhado e fedendo
É dirigir dando ré
O cabra tem três espelhos
E ainda olha pra trás
E pode prestar atenção:
Na boca do candidato é o mesmo Mané Luis
Trabalho, honestidade
Trabalho, honestidade
Por quê?
Porque o povo gosta de mentira!
Seu Manezinho Boleiro
Suplente de merda viva
Foi dar uma de sincero
Dizendo o que pretendia
Trabalhar de terça à quinta
E roubar só o normal
Teve uma queda de votação tão pra baixo
Que até hoje ainda é suplente
Taí, fila da puta!

Tire seu político do caminho

Tire seu político do caminho
Que eu quero passar com o eleitor
Hoje, pra esses peste eu sou Chiquinho
Fí de Seu Chico aboiador
Mas amanhã sou Chico véi que não dá trégua
Assim, táqui pra tu, fí duma égua

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja