Agitação e propaganda do AND

A- A A+

MG: brigada de vendas no bandejão da UFMG

O Comitê de Apoio ao Jornal A Nova Democracia de Belo Horizonte realizou, no dia 15 de setembro, uma vigorosa brigada de vendas da edição nº 177 com o apoio de estudantes no restaurante universitário da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - campus Pampulha. A edição do jornal, que trouxe como tema central a campanha do boicote às eleições, anunciou em sua manchete: Fora Temer, fora toda politicalha imunda! Boicotar a farsa eleitoral!

http://www.anovademocracia.com.br/178/06a.jpg
Estudantes divulgam o AND em universidade pública

Com uma caixa de som, os apoiadores de AND fizeram uma contagiante agitação em frente ao restaurante universitário, denunciando a farsa eleitoral, a situação de precarização das condições de vida do povo e também a covarde perseguição aos camponeses pobres criminosamente assassinados a mando do latifúndio com a conivência do velho Estado burguês-latifundiário.

Durante a brigada destacou-se o apoio dos estudantes da UFMG, que não só mostraram interesse em adquirir os exemplares do jornal, mas também ficaram atentos aos debates realizados em torno da manchete de capa e das matérias principais divulgadas na edição. A aceitação da linha editorial de AND foi ampla entre os estudantes e, em pouco mais de uma hora e meia, foram vendidos 37 exemplares. Muitos manifestaram ainda o interesse em acompanhar as edições de AND quinzenalmente e falaram que iriam procurar o jornal nas bancas da cidade e também por meio de estudantes apoiadores.

No final da atividade, o Comitê de Apoio agradeceu a atenção e colaboração dos estudantes e convocou todos os presentes a criar grupos de discussão em torno das matérias do jornal e, principalmente, encorajou-os a aprofundar sua politização  e engajamento pela transformação da sociedade.


SP: divulgação de AND em ocupação urbana

No dia 9 de setembro, o Comitê de Apoio ao AND de Campinas organizou uma vibrante brigada de divulgação do jornal na ocupação de um terreno pertencente ao sindicato da construção civil, agora nomeada Vila Vitória. As famílias, que sustentam uma justa luta pelo direito à moradia, ocuparam o terreno de forma independente e as negociações de posse estão sendo mediadas pela Comissão de Direitos Humanos da cidade de Campinas.

Foram vendidos exemplares da edição nº 176 de AND e distribuídos gratuitamente edições anteriores com intuito de divulgar a linha editorial e cumprir com o objetivo de politizar as massas.

Nas conversas com os moradores foi reforçada a importância do boicote às eleições municipais e a necessidade da construção de uma Nova Democracia. A receptividade à proposta do jornal foi positiva, muitos interagiram e se entusiasmaram com as discussões. Alguns ainda ajudaram materialmente o jornal como podiam, apesar de toda precarização das suas condições de vida e dos recursos limitados, demonstrando que compreendem a importância da existência da Imprensa Popular e Democrática.


PE: vendas e divulgação no Recife

No feriado de 7 de setembro, o Comitê de Apoio ao AND do Recife esteve presente na Comunidade do Bode, localizada no bairro de Pina. A região proletária se localiza próxima ao mangue e é conhecida pela presença das palafitas.

http://www.anovademocracia.com.br/178/06b.jpg
Grefite feito pelo Coletivo Bagaço em homenagem à companheira Sandra Lima

Na ocasião, o Comitê acompanhou a 5ª edição do Encontro de Artes Pão e Tinta, que contou com o apoio da livroteca da comunidade. Foi montada uma banca na qual foram vendidos exemplares da edição nº 176 de AND e distribuídos 250 exemplares de edições anteriores como cortesia à população da comunidade.

A receptividade foi bastante positiva. Assim que o jornal era apresentado como propagandeador do boicote à farsa eleitoral, o povo sentia-se estimulado a pegar os exemplares de AND.

Um grupo de moradores, entusiasmado pela leitura do jornal, manifestou o desejo de organizar um Comitê de Apoio ao AND na comunidade.

O Comitê de Apoio tem distribuído quinzenalmente as edições do jornal na comunidade, onde está sendo divulgado por meio da livroteca comunitária.

Durante o último dia do encontro artístico, apoiadores de AND do Coletivo Bagaço utilizaram o evento para prestar homenagem à companheira Sandra Lima, grandiosa expressão da luta de resistência da mulherproletária, gravando um mural de grafite com os dizeres: Despertar a fúria revolucionária da mulher! e Companheira Sandra Lima: Presente na Luta! O mural ocupa as paredes da Via Mangue, movimentada avenida da Zona Sul recifense. Os apoiadores de AND e membros do Bagaço também utilizaram o último dia do evento para vender a cota de exemplares assumida quinzenalmente pelo coletivo.


RJ: bancas e brigadas de vendas

Apoiadores de AND do Rio de Janeiro têm promovido diversas atividades de divulgação do jornal em universidades, ruas e transportes públicos da cidade.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Brigadas de distribuição de edições passadas têm sido organizadas nas estações de trem de São Cristóvão e na Central do Brasil, resultando em mais de 1.000 exemplares distribuídos. Semanalmente, banquinhas de divulgação de AND tem marcado presença na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e em eventos convocados pelos movimentos populares da região.

Além dessas atividades, as brigadas de venda nos trens têm revertido importantes recursos para sustentação da Imprensa Popular e Democrática. Até o fechamento desta edição, somente durante a segunda quinzena de setembro haviam sido vendidos mais de 130 exemplares da edição nº 177 de AND, sendo mais de 90 desses resultado das brigadas de venda nos trens da cidade. Todas essas atividades de venda e divulgação têm contado com grande agitação e propaganda em torno do boicote à farsa eleitoral.


RO: brigada de vendas na UNIR

No dia 16 de setembro, apoiadores de AND em Porto Velho realizaram vigorosa brigada de vendas do jornal A Nova Democracia na Universidade Federal de Rondônia (UNIR). A universidade, conhecida pela tradição de mobilizações e lutas democráticas de estudantes e professores, foi marcada pela histórica greve de ocupação de 2011 que depôs o Reitor.

Durante a brigada, os apoiadores do jornal percorreram salas dos cursos de Pedagogia, Química, Letras, História, Geografia, Biologia, Ciências Sociais e Direito, nas quais fizeram a apresentação da linha editorial de AND e estimularam os estudantes a comprarem exemplares como forma de apoio e auxílio na sustentação da Imprensa Popular e Democrática. No decorrer da brigada, que abrangeu os três turnos de aulas, também foram abordados alunos que transitavam pelos corredores da universidade, resultando em ótima aceitação e vendas. Ao todo foram vendidos 49 exemplares das edições 171, 174, 175 e 176 de AND.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja