O grande boicote às eleições municipais

A- A A+

O retumbante número de abstenções, votos nulos ou em branco em todo o país confirmou formidavelmente o repúdio geral das massas a farsa eleitoral. Os números do boicote, que ultrapassaram as marcas dos 20, 30 e 40% nas principais capitais e atingiram resultados muito mais elevados nos rincões do Brasil refletem bem o sentimento de nosso povo, impulsionado e animado pela vitoriosa campanha pelo boicote às eleições realizada pelas mais combativas organizações populares e democráticas no campo e cidade.

A realização das eleições municipais, questão-chave para a reação, particularmente no momento de crise que transita o país, escancarou o seu rechaço pelas massas,  expressão da completa falta de credibilidade e legitimidade do sistema político de governo e da falência de sua velha democracia. Tudo isso é reflexo do elevado grau de decomposição do velho Estado, em meio ao agravamento da crise geral do imperialismo. É também expressão do desenvolvimento da situação revolucionária no país e em todo o mundo, que se processa de maneira desigual.

Nas capitais, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, os candidatos melhor colocados receberam menos votos que a soma do número de abstenções, votos brancos e nulos. Em São Paulo, além do número recorde de 3.089.652 de abstenções, votos nulos e brancos que derrotaram o João Dória (PSDB), o PT foi fragorosamente derrotado e sequer foi capaz de levar a candidatura de Haddad ao segundo turno. No Rio de Janeiro, o total recorde de brancos, nulos e abstenções de 1.866.621 superou os dois candidatos que foram para o segundo turno, Marcelo Crivella (PRB) e Marcelo Freixo (PSOL), que juntos receberam 1.395.625 votos. Também em Belo Horizonte, a soma das abstenções, nulos e brancos superou os dois candidatos que vão ao segundo turno. João Leite (PSDB) e Alexandre Kalil (PHS) receberam, juntos, 710.797 votos, enquanto as abstenções (417.537), os votos nulos (215.633) e brancos (108.745) totalizaram 741.915. Uma vitória acachapante do boicote.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja