Guerra contra comunidades mapuches

Segundo denúncia feita pelo periódico chileno El Pueblo, vários veículos militares Hummer’s e helicópteros de guerra intervieram e assediaram violentamente as comunidades mapuches de Mapulwe, Temucuicui, Coñomil Epuleo, Pancho Curamil e Huañaco Millao. Todas ficam na região de Araucanía. Na zona de Ercilla, disparos com armamento de guerra foram registrados.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Aproveitando-se do caos proporcionado por um incêndio florestal – que os mapuches atribuem responsabilidade ao latifúndio –, a gerente de turno reacionária Bachelet decretou “estado de catástrofe” na região da Araucanía, permitindo a intervenção militar na região. Com a decisão, os militares hostilizaram com armamento de guerra os mapuches que têm avançado a luta pela retomada do seu território.

Em declaração difundida pela Frente Estudantil Revolucionária Popular (FERP), afirma-se: “Que tipo de incêndio se apaga com armas e disparos? Nenhuma justificativa existe para incursões militares nas comunidades mapuches. [...] Só querem amedrontar as comunidades e suas famílias, querem demonstrar seu poder bélico em vão”. A mesma FERP realizou uma marcha contra a intervenção militar, no dia 7, em Santiago.

Este gravíssimo acontecimento – a utilização das forças armadas, máquina de guerra sanguinária e genocida, na repressão aos mapuches – é um absurdo e mais um crime do velho Estado chileno contra o povo.

Repressão contra comunidade Mapuche na Argentina

Uma brutal repressão foi desatada pelo velho Estado argentino contra a comunidade mapuche Pu Lof, na província de Chubut, em Resistencia de Cushamen. Sob a justificativa de cumprir decisão judicial para desalojar famílias mapuches que residiam próximo a linhas de trens, a repressão foi além e promoveu verdadeiro horror contra as massas camponesas.

No dia 10 de janeiro, forças da repressão militar efetuaram duas intervenções violentas de remoção da comunidade, sem mesmo obter ordem judicial para tal. Pessoas foram agredidas e numerosos disparos com armas de fogo foram efetuados, inclusive contra crianças e mulheres. Gás lacrimogêneo, balas de borracha e todo tipo de golpes a paus e cassetetes foram aplicados contra os camponeses mapuches de todas as idades.

Entidades democráticas da Argentina condenaram este ato de guerra contra a comunidade Mapuche ali estabelecida.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro