AND lança documentário sobre Chacina de Pau D’Arco

No dia 5 de julho, o jornal A Nova Democracia lançou o documentário Terra e Sangue — Bastidores do Massacre de Pau D’Arco, um curta metragem de 26 minutos com detalhes desse crime de Estado que vitimou 10 camponeses no sul do Pará. O pré-lançamento aconteceu na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Rio de Janeiro com auditório lotado.

AND lança documentário sobre Chacina de Pau D’Arco

Mais de 150 pessoas assistiram atentamente ao filme, que foi seguido de um debate com o diretor do documentário, Patrick Granja; Fausto Arruda, diretor de AND; Dr. Felipe Nicolau, presidente da Associação Brasileira dos Advogados do Povo (Abrapo); Pelé, dirigente da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) do Pará e Tocantins; Stéfia da Silva Gonçalves, viúva de um dos camponeses assassinados, além de representantes de organizações democráticas, que apoiaram o lançamento — Comissão de Direitos Humanos da OAB, Grupo Tortura Nunca Mais e Justiça Global.

O debate foi marcado pelas combativas falas de Pelé e Stérfia, esposa de Ronaldo Milhomem, um dos dez camponeses assassinados no massacre, que deixou três filhos, sendo um deles um bebê de menos de dois meses.

— Ainda está tudo muito recente e eu tenho muita dificuldade de falar sobre o assunto. Mas uma coisa eu posso dizer: nós não vamos abaixar a cabeça, nós vamos seguir lutando por justiça. Não importa onde eu tenha que ir. O que fizeram com o meu marido foi uma covardia, foi uma execução. Essas coisas acontecem porque, no Pará, fazendeiros e polícia trabalham juntos para reprimir o povo que está lutando por um pedaço de terra. Mas a Liga dos Camponeses Pobres está ao nosso lado e nós somos muitos gratos por isso — disse  Stéfia, com seu filho ainda recém-nascido no colo.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocraci[email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro