Índia: Cadeia agrava saúde de Saibaba

A família do Professor GN Saibaba denunciou a piora significativa do seu quadro de saúde neste mês de julho. Saibaba está preso na Penitenciária Central de Nagpur e sendo-lhe negado tratamento à crise de pancreatite aguda, constatada antes mesmo da sua prisão em março deste ano, e está sofrendo de problemas cardíacos.

Vipin Kumar/Hindustan Times
Destacado democrata defensor dos povos da Índia e do mundo
Destacado democrata defensor dos povos da Índia e do mundo

O Prof. GN Saibaba é um destacado democrata que condena publicamente as atrocidades da Operação “Caçada Verde” movida pelo Estado indiano para expulsar camponeses e populações tribais com violência, sob o manto de “guerra contra os maoistas”. Por sua atividade, Saibaba foi condenado em março deste ano a prisão perpétua, sob a acusação de “ser maoista”.

A Índia é um país estratégico para a exploração por parte de mineradoras e outras atividades extrativistas, o que entra em agudo antagonismo com as populações tribais e camponesas que lutam e resistem pelo seu direito à terra.

Denúncias de familiares

Segundo denuncia a sua família, a saúde de Saibaba se deteriora a cada dia. Além da pancreatite aguda, o destacado democrata não tem o movimento de 90% do corpo e passa por problemas cardíacos.

“No último mês, Saibaba esteve inconsciente duas vezes na cadeia. No último mês de julho, dentro de dois dias, esteve inconsciente quatro vezes. Sofreu palpitações cardíacas, dor no peito e dor pancreática severa. Os órgãos vitais do Professor estão agora severamente danificados devido a falta de medicamentos e tratamento adequado”, informam os familiares.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin