SP: Polícia de Alkimim ataca ocupações na capital

Segundo relatos de moradores que perderam suas moradias recentemente em São Paulo, “desde o início das ocupações, ainda no processo de divisão dos lotes, houve tentativas de indivíduos encapuzados de incendiar os barracos”, porém, os próprios moradores expulsaram tais indivíduos. Uma das ocupações, localizada às margens de um rio na Zona Leste da capital, não tem as mínimas condições de saneamento básico, muitos moradores estão sob riscos de saúde. Eles estão com esgoto a céu aberto, expostos a mosquitos, ratos e cobras, sem uma única visita de assistência social ou represente do velho Estado, a não ser as forças da repressão.

Essa é uma realidade cada vez mais presente nas ocupações urbanas nos extremos da periferia. Na Zona Leste de São Paulo, no distrito de São Mateus, onde o bairro do Carrãozinho se localiza, outros terrenos também estão em disputa de reintegração, como o próprio monopólio da imprensa vem noticiando. E a situação não é diferente das demais regiões metropolitanas. Em Osasco, na Zona Oeste, 200 famílias foram despejadas na manhã do dia 27/07 tendo que resistir bravamente com barricadas e fogo. O AND noticiou, no primeiro semestre de 2017, uma reintegração de posse ocorrida na Rua André de Almeida, no mesmo distrito de São Mateus, onde 700 famílias se levantaram em defesa de seu espaço de terra contra o aparato militar do velho Estado.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro