Ianques provocam e ameaçam a Coreia

A- A A+

Nos últimos dois meses (julho e agosto) aumentaram as provocações belicistas e sanções econômicas do governo ianque de Donald Trump contra a Coreia do Norte.

‘RPDC deve ser enfrentada’, diz USA

“Estamos tentando uma grande variedade de métodos. No entanto, o tempo está se esgotando. A Coreia do Norte é extremamente perigosa e fica mais perigosa a cada semana”, disse o chefe de gabinete do Exército dos USA, general Mark Milley, em 27/07.

O USA incrementa as provocações e agressões contra a Coreia do Norte, porque esta será capaz de instalar mísseis balísticos intercontinentais com capacidade nuclear em 2018, segundo relatório confidencial da Inteligência da Defesa do USA divulgado pelo jornal Washington Post.

“Temos duas opções ruins: permitir que eles consigam um míssil para atingir a América ou ir à guerra para detê-los”, afirmou o senador Lindsey Graham no dia 09/08.

Em resposta às ameaças ianques, o Exército norte-coreano afirmou, no mesmo dia, que pode atacar a ilha militarizada de Guam, no Pacífico, estratégica para a presença ianque na região.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza