RO: Tentativa de assassinato em Cacoal

O casal de indígenas Elisângela Dell-Armelina Suruí e Naraymi Suruí sofreu uma tentativa de assassinato quando regressava de moto para a sua casa na aldeia Paiter Suruí, na noite de 29 de novembro, no município de Cacoal (RO).

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Naraymi Suruí, de 34 anos, cacique da aldeia que integra a Terra Indígena Sete de Setembro, e sua companheira, de 38, foram abordados na Rodovia do Café, que dá acesso à aldeia, por dois homens em uma moto. Os homens pararam ao lado da moto do casal e efetuaram três disparos, mas Naraymi e Elisângela se esconderam atrás da moto e não se feriram no ataque. Os homens fugiram quando viram um veículo se aproximando.

No dia 23 de novembro, os paiter surui expulsaram homens que trabalhavam derrubando castanheiras a serviço de madeireiras locais na terra indígena dos suruí pater. Na saída, os homens afirmaram que iriam assassinar o cacique Naraymi Suruí.

Os indígenas organizaram a Cooperativa de Produção e Desenvolvimento do Povo Indígena Paiter Suruí (Coopaiter) para gerar renda para a comunidade e coibir a invasão de madeireiras no seu território. A criação da Coopaiter, segundo os paiter suruí, dificulta a tentativa de invasores de retirarem madeiras da região com o apoio de indígenas da comunidade ao criar uma atividade que garanta a sobrevivência das famílias. Assim, a Coopaiter tem contrariado os interesses de madeireiras da região.

Elisângela Suruí recebeu no dia 30 de outubro deste ano o prêmio de Educadora do Ano na 20ª edição do Prêmio Educador Nota 10 pela produção de material didático de alfabetização de crianças na língua paiter suruí.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro