Corruptos executados por maoistas

A- A A+
 

Cinco políticos corruptos foram condenados à morte por um tribunal popular e justiçados por combatentes do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelos comunistas. A ação revolucionária ocorreu nas aldeias de Dandabadi e Kobiraj Kara, no distrito de Majhiguda, estado de Orissa.

Corruptos executados por maoistas

O Partido Comunista da Índia (Maoista), que organizou o tribunal popular, pendurou cartazes informando toda a população sobre a sentença e a razão para a aplicação da pena.

Os bandidos condenados roubaram recursos destinados ao programa para o desenvolvimento econômico nas regiões tribais. Estes programas são implementados em algumas regiões da Índia para tentar acalmar o ânimo revolucionário das massas, como parte da estratégia contrarrevolucionária do velho Estado para derrotar a guerra popular dirigida pelos maoistas.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia
LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja