Ex-guerrilheiros mortos ao capitular

A- A A+

Pelo menos 22 ex-guerrilheiros da extinta Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) foram assassinados na Colômbia desde o começo do ano. O último assassinato teve como alvo Juan Vicente Carvajal, também conhecido como “Misael”, ex-comandante da 10ª Frente das FARC. Desde a assinatura do “acordo de paz” em 24 de novembro de 2016, mais de 40 ex-combatentes e parentes foram assassinados, bem como dez líderes comunitários associados ao novo partido eleitoreiro que derivou do processo de capitulação.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

O comandante “Misael”, libertado da prisão após a assinatura do “acordo de paz”, foi morto no departamento de Arauca, fronteira com a Venezuela, no dia 7 de maio.

Conforme denunciado pelo AND, o processo de capitulação, ao contrário do que propagandeavam os oportunistas de todos os matizes, abriu um novo ciclo de eliminação física daqueles que pegaram em armas contra o velho Estado e seus governos antipovo.

 

 

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza