A falácia da moradia

A- A A+

Um prédio antigo e abandonado, um dia pertencente ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi implodido na manhã de 13 de maio, no Rio de Janeiro, na região da favela da Mangueira.

Ali, moravam centenas de famílias empobrecidas. Elas ocupavam o local há pelo menos 20 anos, em meio ao lixo, a alagamentos, a ratos, e com falta de luz, ou seja, sem a mínima condição de vida digna. Ao invés de, no decorrer desses 20 anos, os sucessivos governos oferecerem às famílias justas condições de vida (o que é sua obrigação), preferem a dura e crua remoção, acompanhada de falsas promessas.

Os prédios abandonados, distribuídos aqui e acolá em todas as cidades do país, são lacunas denunciadoras da falência do sistema capitalista e da dominação do imperialismo em nosso país.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza