RO: Pistolagem contra luta pela terra

A- A A+

Em parte da escuta apresentada pelo monopólio, o latifundiário Uadra Castelhane David diz trabalhar com um grupo de “fazendeiros e empresários para limpar a região”, expondo com suas próprias palavras a nefasta prática da pistolagem que assola o estado de Rondônia a mando do latifúndio e a serviço do velho Estado, dirigida principalmente contra o campesinato pobre em luta pela terra.

Rondônia foi, de acordo com relatórios da CPT, o estado brasileiro onde mais se matou camponeses e defensores da luta pela terra nos anos de 2015 e 2016. Com a recente ameaça ao advogado Vilela, ressalta à memória a situação semelhante de constantes ameaças e perseguições que a advogada popular Lenir Correia Coelho vem sofrendo por sua atuação em defesa do campesinato no estado. Apesar disso, o movimento camponês demonstra que não será abatido com o terror latifundiário.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja