China: Greve de caminhoneiros

A- A A+

Uma massiva greve nacional de caminhoneiros tomou toda a China no dia 8 de junho. Os motoristas bloquearam estradas principais erguendo faixas contra a precarização do trabalho, o baixo preço do frete, o alto preço dos combustíveis, contra o monopólio no setor e multas arbitrárias. O movimento começou no condado de Xiushui, na província de Jiangxi, e tomou rapidamente proporções nacionais.

Banco de dados AND
Caminhoneiros chineses em greve, 2018
Caminhoneiros chineses em greve, 2018

O preço do frete não aumenta desde 2000, criando um excepcional ambiente de superexploração dos trabalhadores, provendo superlucros para o setor das transportadoras e para a grande burguesia industrial e rural de modo geral. A condição de trabalho é precaríssima: motoristas chegam a dirigir por 12 horas diariamente, com apenas dois dias de folga por mês. Isso eleva o número de acidentes e, por outro lado, de multas, que tornam a sobrevivência econômica ainda mais difícil.

O monopólio do transporte, para piorar, massacra os caminhoneiros. Uma das causas da greve foi o monopólio surgido da fusão de duas grandes transportadoras, resultando na criação da Manbang Corporation. “Os preços impostos estão cada vez mais baixos, e por isso nós literalmente não podemos mais trabalhar”, disse um caminhoneiro grevista chamado Li, citado pelo blog Redspark.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

O proletariado chinês, em rebeliões pulverizadas e espontâneas, dá mostras de insatisfações crescentes desde a restauração capitalista de 1976, após a morte do Presidente Mao Tsetung e o golpe revisionista dirigido por Teng Siao-ping que pôs fim ao socialismo e à ditadura do proletariado – substituindo-os por um regime fascista com economia social-imperialista.

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait