Datas memoráveis do proletariado

A- A A+
 

Execução de Gabriel Pimenta – 18 de julho de 1982: Gabriel Pimenta, advogado do povo, é executado por pistoleiros por atuar e defender a luta dos camponeses pobres em Marabé, estado do Pará. Ele foi executado aos 27 anos com três tiros nas costas, disparados pelo pistoleiro José Crescêncio de Oliveira, a mando de Manuel Cardoso Neto, conhecido como “Nelito” (latifundiário local). Pimenta havia mudado dois anos antes à região para dedicar-se integralmente à defesa e apoio da luta pela terra, sendo o primeiro advogado a ganhar uma causa a favor dos camponeses no judiciário do sul do Pará. Hoje, em Marabá, há um bairro – fruto de uma ocupação popular – com o nome do advogado do povo e, em Conceição do Araguaia, camponeses organizados pela Liga dos Camponeses Pobres (LCP) batizaram a tomada dos latifúndios Capivara, Talismã e Jacutinga com o nome de Área Revolucionária Gabriel Pimenta.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

‘Rebelião dos Pedreiros’ em BH – 30 de julho de 1979: Irrompe a histórica greve dos operários da construção civil de Belo Horizonte (MG), conhecida como “Rebelião dos Pedreiros”, que durou cinco dias e resistiu à feroz repressão. Logo no primeiro dia da greve (30), a Polícia Militar (PM), a mando do regime militar-fascista, tentou esmagar a luta e a decisão dos operários com a repressão sanguinária. Após os operários ignorarem o cerco policial e seguirem à concentração dentro de um estádio de futebol, a PM passou a atirar neles com armas de fogo no mesmo local. Um dos tiros atingiu o peito do operário tratorista Orocílio Martins Gonçalves, que caiu mortalmente ferido. A repressão serviu para impulsionar a luta operária, pois no dia seguinte todas as obras da cidade foram paralisadas; operários ocuparam o centro de BH com paus, pedaços de ferro e pedras. Orocílio tinha 24 anos e era pai de um filho de dois meses; em sua memória existe, em BH, uma Escola Popular dedicada à alfabetização e politização dos operários e do povo.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja