Juízes de alto coturno são flagrados vendendo sentenças

A- A A+
 

Crise abala velho Estado peruano e escancara podridão

Uma grande crise política e moral abala o velho Estado peruano. Na segunda quinzena de julho, foram vazados áudios telefônicos de juízes das altas instâncias vendendo sentenças para notórios criminosos. O centro da quadrilha, que promovia tráfico de influência, suborno e outros crimes, encontrava-se no Conselho Nacional da Magistratura (CNM), responsável por supervisionar a atividade do judiciário nacional.

Banco de dados AND
Manifestantes em Lima, capital do Peru, 19/07
Manifestantes em Lima, capital do Peru, 19/07

Diversos funcionários do judiciário renunciaram a seus cargos após o escândalo, entre eles o presidente da Suprema Corte, Durbelí Rodriguez (no dia 19), que teve seu assessor flagrado conversando com um membro da quadrilha de toga. Um dia depois, todos os sete conselheiros do CNM foram destituídos e o organismo foi dissolvido. Outros cinco juízes da Corte Superior de Justiça de Callao também foram destituídos por envolvimento na máfia.

Após as denúncias, além dos juízes e do presidente da Suprema Corte, o ministro da justiça, Salvador Heresi, também renunciou, no começo da quinzena por ser flagrado em um áudio com membros da quadrilha. Um juiz não identificado foi preso e outro está impedido de sair do país.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Até mesmo o novo Procurador-Geral, Pedro Gonzalo Chavárry, que assumiu o cargo no dia 20/07, está comprometido em um áudio em que parece pedir favores ao juiz do Supremo, César Hinostroza, um dos acusados do escândalo de venda de sentenças. 

Ante tamanha podridão, milhares de manifestantes protestaram na capital do país, Lima, na noite de quinta-feira 19/07. Outros protestos ocorreram nas cidades de Tecna, Arequipa, Puno, Cuzco, Ayacucho e Cajamarca.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja