PE: PM queima acampamento

Policiais militares (PMs), em conluio com pistoleiros e latifundiários de Sertânia (Pernambuco), prenderam arbitrariamente dez camponeses acampados na fazenda Jaú, reivindicada pelo latifúndio, no dia 1º de agosto. Além dos camponeses, um transeunte foi também detido. Os trabalhadores relatam que um PM à paisana liderou a operação, que incendiou e destruiu barracas e pertences das famílias.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

A desapropriação do latifúndio, ocupado desde o dia 22 de julho, é reivindicação dos camponeses ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) desde 2002. Mesmo a propriedade sendo improdutiva – segundo os camponeses, servindo apenas em pequena parte para pastagem de gado de proprietários vizinhos – o Incra nunca concluiu as vistorias realizadas em 2002 e 2009, segundo a nota da Comissão Pastoral da Terra (CPT). O ataque relatado em 01/08 foi o primeiro contra o acampamento.

Os camponeses, conforme denúncia da CPT, foram detidos “sem que houvesse qualquer prova, ordem judicial ou flagrante delito, o que configura desvio de conduta da corporação, que visivelmente atendeu a interesses particulares”. A PM manteve os camponeses na delegacia durante horas antes de estes serem formalmente acusados de algum delito. Horas depois, foram acusados de “extração ilegal de madeira” e “roubo de motocicletas”, sem, no entanto, apresentar nenhum indício.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza