USA conspira com militares venezuelanos

A- A A+
 

Numa flagrante violação da soberania nacional da Venezuela, o presidente do USA, Donald Trump (Partido Republicano), reuniu-se clandestinamente com militares venezuelanos que conspiravam e planejavam um golpe de Estado contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Entre os conspiradores está um ex-comandante militar da Venezuela, que teria, junto a outros elementos, se encontrado com agentes do governo ianque no segundo semestre de 2017 e no primeiro deste ano. O intuito do encontro era conseguir apoio logístico do imperialismo, segundo informações do monopólio de imprensa The New York Times.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

A Casa Branca afirmou em comunicado que considera “importante dialogar com todos que desejam a democracia”. Esses encontros ocorreram logo após Donald Trump mencionar que tinha “um plano militar para a Venezuela” e verbalizar outras ameaças à integridade do país.

Os conspiradores solicitaram rádios criptografados para viabilizar uma comunicação segura entre si como necessidade para realizar a ação, além de outras demandas. Ocorreram ao todo, segundo o monopólio da imprensa, três reuniões onde não houve um acordo entre as partes e o plano estagnou.

O ex-comandante militar venezuelano, ouvido pela reportagem do monopólio, afirmou que havia aproximadamente 300 militares dispostos a derrubar Maduro, mas o número teria caído pela metade após expurgos realizados no Exército.

Conforme analisou o Movimento Popular Peru (Comitê de Reorganização) – organismo gerado do Partido Comunista do Peru para o trabalho internacional –, a intervenção do imperialismo ianque na Venezuela é parte do plano estratégico de aprofundar a dominação e controle sobre a América Latina, sobretudo porque nela se desenvolve uma situação revolucionária e se prenunciam levantamentos populares; além de “derrubar Maduro para apoderar-se do petróleo” e “colocar em seu lugar um reacionário mais fiel a seus interesses”.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja