RJ: Pezão é preso no Rio

A- A A+
 

O gerente estadual do Rio de Janeiro, Luis Fernando Pezão, foi preso pela Polícia Federal na Operação “Boca de Lobo”, no dia 29 de novembro pela manhã. Ele é investigado e acusado de receber propinas milionárias ao longo dos muitos anos em que esteve envolvido com a administração pública, desde que era vereador em Barra do Piraí, município do Sul fluminense, nos anos 1990.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Sua prisão, em si, insere-se no contexto da Operação “Lava Jato”, coordenada pela Embaixada ianque, que investiu de poderes discricionários uma trupe de juízes e procuradores que não titubeiam em atropelar garantias constitucionais para alcançar seus objetivos.

Que pezão é um notório bandido, todos os habitantes do estado o sabem. Ele é parte da quadrilha que assaltou os cofres do estado junto com Cabral, particularmente no período das obras para os grandes eventos esportivos (Olimpíada e Copa da Fifa), quando choveu dinheiro público, boa parte roubada por superfaturamento, mesadas, caixinhas, etc.

O esquema da corrupção na cúpula do gerenciamento estadual é tão grande que envolvia o governador de turno (seja qual fosse), as diversas secretarias, a presidência da assembleia legislativa e outros deputados, o Tribunal de Contas e até o Procurador do estado, todos irmanados para assaltar o dinheiro público.

Há que se destacar, entretanto, que Cabral, Pezão et caterva foram alvos dos multitudinários protestos das Jornadas de junho de 2013 e os protestos contra a Copa da Fifa de 2014. Já então, seu esquema era conhecido e denunciado pelas massas nas ruas, pelas populações despejadas de seus bairros, pelos atingidos de alguma forma pelas grandes obras na cidade. E se agora tais fatos vêm à tona com abundância de provas, não é para dar satisfação às ruas, mas parte de uma luta intestina no seio das classes dominantes.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja