França: Ativistas tomam as ruas após desfile

A- A A+

Através de barricadas, latas de lixo queimadas e enfrentamento contra a polícia, cerca de 200 manifestantes dos “coletes amarelos” bloquearam e invadiram a importante avenida Champs Elysées após o tradicional desfile militar, no dia 14 de julho.

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

Estiveram presentes na mesma avenida, pouco tempo antes, o próprio chefe do imperialismo francês, Emmanuel Macron, o chefe do Estado-Maior do Exército francês e outras “autoridades” de alto coturno. O desfile militar estendeu-se também pelos céus, com voos da Força Aérea francesa. Apesar do elevado número de agentes de repressão mobilizados, os manifestantes não se intimidaram e tomaram a iniciativa. Para conter o protesto, os policiais atacaram com bombas de gás lacrimogêneo e, segundo fontes policiais, foram supostamente presos 152 ativistas, sob a acusação de “organização de manifestação não declarada”, “desacato à autoridade”, “degradação de bens públicos” e “porte ilegal de arma”.

O Partido Comunista maoísta da França (PCmF) tem dirigido parte dessas massas em luta, indicando o caminho da guerra popular e da Revolução Socialista como caminho justo e necessário ao povo.

“Aqui estamos diante de uma época de tempestades que sacodem as fundações do velho mundo. A era de negação e do espetáculo político acabou: hoje, devemos erguer e carregar a bandeira vermelha para elevar a ofensiva revolucionária.”, disse o Partido, em pronunciamento intitulado “Coletes amarelos” – o fim da impotência, de janeiro de 2019.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira