Propaganda armada contra lei de cidadania

A- A A+

O Partido Comunista da Índia (Maoista) realizou uma ação de propaganda armada no distrito de Biaya, estado de Gaya, no dia 18 de fevereiro. Os revolucionários explodiram um prédio e deixaram panfletos denunciando a Nova Lei de Cidadania e o governo de inclinação ao fascismo, o Partido do Povo Indiano (BJP em inglês). 

O prédio explodido era uma escola desativada que servia como base para policiais da Força Policial da Reserva Central (FPRC), e que ficava próximo à delegacia de Banke Bazaar. As tropas ali instaladas dedicavam-se a combater a Revolução. 

Os panfletos deixados pelos maoistas traziam escritos contra o governo do BJP, questionavam a ocupação das escolas pelas forças de repressão e conclamavam as massas a se unirem contra as medidas draconianas do governo Modi, principalmente contra a Nova Lei de Cidadania. 

O novo projeto de lei é conhecido no paíscomo emenda “anti-muçulmana”, sendo que tem um terço da sua população de 1,3 bilhões de pessoas composta por pessoas muçulmanas. Ele facilitará a imigração de massas de determinadas religiões, como hindus, e excluirá muçulmanos de determinadas regiões ocupadas pela Índia, como a Caxemira. O governo do fascista Modi também tem levado adiante tal plano com o Registro Nacional de Cidadãos. 

Partido convoca celebração 

O PCI (Maoista) também colocou faixas e cartazes convocando as mulheres a comemorar no dia 8 de março, o Dia Internacional da Mulher Proletária. Os cartazes foram colocados na vila de Tadgaon, no distrito de Gadchiroli, no estado de Maharashtra. 

Para dificultar o acesso das forças de repressão até a área, os revolucionários instalaram minas terrestres falsas na estrada de acesso a vila. Fato que fez com que as forças de repressão tivessem que acionar o Esquadrão de Detecção e Eliminação de Bombas para desarmar os artefatos (que não eram reais). 

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Mário Lúcio de Paula
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira