MG: Morador é torturado e morto por PM

A- A A+

Moradores de ocupação urbana em Uberlândia (MG) atearam fogo em pneus e bloquearam o trecho entre a BR-365 e a BR-050 em protesto de repúdio ao assassinato de Daniquel Oliveira dos Santos, coordenador da ocupação Fidel Castro, dia 5 de março. 

A manifestação ocorreu no mesmo dia da confirmação da execução do ativista popular que tinha 41 anos e há três era coordenador da ocupação, organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). 

Durante a manifestação, o Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM) atirou bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha contra os moradores, ferindo três pessoas. 

Segundo informações, Daniquel foi alvejado por policiais militares após subir em um poste de uma das casas da ocupação, na madrugada do dia 05/03. 

Jairo dos Santos Ferreira, que é coordenador regional do MTST e morador da ocupação, contou em depoimento ao Ministério Público que estava com Daniquel no momento em que a PM chegou ao local. 

Segundo ele, um grupo de quatro moradores estava fazendo a manutenção da rede de energia, quando os policiais chegaram atirando. “A gente tem certeza que ele [Daniquel] foi assassinado pela polícia. Ele teve que saltar da escada e teve que sair correndo porque a polícia já chegou atirando. Em nenhum momento abordaram ou pediram para descer da escada. Já chegaram atirando. A gente está reivindicando justiça, porque a gente não aguenta mais essa polícia que serve para reprimir e matar o povo pobre”, afirmou o morador. 

Além da comprovação do crime de execução, o relato de Jairo leva a crer que antes de ser assassinado, Daniquel foi barbaramente torturado. Segundo ele, quando foi ao Instituto Médico Legal (IML) para reconhecer o cadáver de Daniquel, percebeu que o corpo estava com os dentes quebrados, hematomas no rosto e abdômen, parte da orelha decepada e marcas circulares nos punhos que pareciam compatíveis com algemas. 

 

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Mário Lúcio de Paula
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira