Índia: Luta armada segue mesmo em pandemia

A- A A+

O Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelo Partido Comunista da Índia (Maoista), continua realizando ações mesmo com o toque de recolher brutal imposto pelo velho Estado indiano.
No dia 24 de março, os revolucionários executaram um empreiteiro em Bijapur, estado de Chhattisgarh. Os combatentes também incendiaram dois caminhões e uma escavadeira antes de retirarem-se do local.

Base de apoio do governo local revolucionário, interior da Índia
O homem morto enriqueceu explorando operários e liderou um projeto nacional de construção de estradas na região entre Cherakdoddi e Bandarpalle. O objetivo principal desse tipo de projeto é desmatar as florestas tropicais e instalar monopólios econômicos, a fim de reprimir melhor a guerra popular e despejar os camponeses para se apoderar das riquezas.
A grande burguesia, o latifúndio e o velho Estado indiano estão tentando usar da pandemia do coronavírus para atacar os guerrilheiros do EGPL e jogar as massas contra os combatentes.
No estado de Odisha, as “autoridades” policiais estão incitando a população a evitar o contato com os guerrilheiros, dizendo que eles não respeitam a quarentena e continuam circulando entre os estados. Os reacionários, de forma sórdida, dizem que os revolucionários são um perigo para a saúde pública, pois não teriam nenhum cuidado de higiene nas florestas. Porém não tem tido nenhum resultado.
No início de abril, o Comitê da divisão de Malkangiri-Koraput-Visakha, do PCI (Maoista), afirmou que se concentrarão no trabalho político e de solidariedade às massas, porém seguirão realizando ações armadas em resposta se o Estado indiano prosseguir suas ofensivas.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira