AM: Povos indígenas conquistam vacina de imunização com luta e organização

A- A A+

Durante a manhã do dia 24 de junho, a equipe do AND acompanhou a imunização contra Influenza H1N1 dos residentes da Comunidade Sol Nascente, localizado no bairro Cidade Nova, Conjunto Francisca Mendes, na zona norte da cidade de Manaus, no estado do Amazonas.

A ação organizada foi resultado da luta nas várias frentes dos povos indígenas. Desde o princípio da crise epidemiológica da Covid-19, sob a direção do cacique Domingos do povo Dessana, os indígenas evidenciaram a necessidade da força da organização popular para superação do panorama de desassistência à saúde indígena imposta pelo velho Estado genocida e semifeudal.

Indígenas protestam na frente do DSEI Manaus por atendimento

Em abril, após a morte por H1N1 de Aldenor Basque Félix, 44 anos, professor e vice-cacique, os indígenas protestaram em frente ao Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Manaus pela liberação da vacina e atendimento para indígenas em contexto urbano, necessidade agravada em meio à pandemia.

Após a ida até o DSEI, obtiveram respostas da unidade em conjunto com a Secretária de Saúde do Município de Manaus.

A comunidade se formou há mais de seis anos e reúne cerca de 12 povos que originalmente residiam no oeste e noroeste do Amazonas. Entre esses povos estão Dessana, Miranha, Tikuna, Saterê e outros, além de não indígenas, somando mais de 200 famílias.

A formação das comunidades

Atualmente o estado do Amazonas abriga 53% do total de sua população só em sua capital, Manaus. A extrema pobreza atinge quase 20% de toda população, e isso se reflete na expectativa de vida dos povos indígenas, que contam com quase duas décadas a menos comparado aos não-indígenas.

A formação dessa e de outras comunidades indígenas em ambiente urbano se deu em um contexto de imigração e luta por garantias de existência. O processo de colonização na Amazônia impôs diversas formas de agressão contra os povos originários. O etnocídio praticado por missões salesianas no noroeste do estado no século XIX e XX e genocídio, já no final do século XX no oeste, fomentaram deslocamentos dentro do estado do Amazonas.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira