ES: Camponeses e quilombolas são ameaçados de despejo

Uma ordem de despejo marcada para 11 de março ameaça cerca de 70 famílias camponesas e quilombolas que vivem e produzem há mais de 15 anos na região de Itaúnas, distrito localizado no município de Conceição da Barra, estado do Espírito Santo. Quem impulsiona a retirada das famílias é a empresa de celulose Suzano S.A. (ex-Fibria e ex-Aracruz Celulose), maior produtora de celulose do mundo, que detém 803 mil hectares (ha) de área florestal por todo o país e um capital social declarado  de R$ 80 bilhões.

A situação dos quilombolas se agrava, pois mesmo que a área seja definida como território de ocupação tradicional quilombola, sem a titulação das terras já identificadas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) há 15 anos as ordens de despejo são recorrentes.

Apesar das famílias a serem beneficiadas pela reforma agrária terem sido catalogadas em 2005, outras famílias camponesas passaram a viver no local e estas são ainda mais vulneráveis em uma situação de despejo. Em todo o estado, apenas uma comunidade, localizada em Ibiraçu, conseguiu ter titulação, ainda que parcial.

Suzano S.A. e a grilagem de terras

A antiga Aracruz Celulose/Fibria, comprada pela Suzano S.A., foi acusada de fraudar a titulação de mais de 50 terrenos rurais entre 1973 e 1975. O esquema foi descoberto pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI da Aracruz), em 2002. Ele consistia em um acordo entre a Aracruz Celulose e vários funcionários que faziam requerimento sobre a posse dos terrenos, parte das terras públicas estaduais, e, assim que concedida, as transferiam à empresa. 

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro