Campanha de Celebração pelos 200 anos de Friedrich Engels

Núcleo de Estudos do MLM publica estudo da obra teórico-prática do grande F. Engels

O Núcleo de Estudos do Marxismo-leninismo-maoismo (NEMLM) do Brasil publicou, em meados de novembro, um rico documento teórico-político valorando o legado do grande dirigente comunista Friedrich Engels, como parte da culminação das celebrações pelo bicentenário celebrado a partir de novembro de 2020.

O documento, intitulado Friedrich Engels: a fundação do Comunismo, a sistematização do Marxismo e a Revolução Democrática, possui 43 páginas em sua versão original, fazendo uma longa e profunda análise e síntese de toda a conformação do marxismo e os aportes de Engels para isso.

Não apenas aprofundando no valor teórico do trabalho comunista deste dirigente do proletariado, o NEMLM também demonstra sua condição de dirigente prático do Movimento Comunista Internacional (MCI), sua efetiva participação nas diferentes lutas revolucionárias e insurreições da época, a luta ideológica titânica no interior dos partidos proletários recém-conformados para defender e impor a linha vermelha do marxismo. 

Em determinado trecho, os autores relatam como se conheceram Marx e Engels, em 1842: 

"Em outubro de 1842, Marx havia se tornado chefe de redação da Gazeta Renana, na mesma época Engels havia cumprido o serviço militar e voltara para a casa. No caminho para a Inglaterra, em novembro daquele ano, Engels passa por Colônia para visitar a redação da Gazeta Renana e conhecer pessoalmente Marx. No entanto, a recepção deste foi extremamente fria, pois conforme as próprias palavras de Engels: “Como eu mantinha correspondência com os Bauer [irmãos Bruno Bauer e Edgar Bauer, lideranças dos jovens hegelianos], passava por seus aliados”. No entanto, em pouco tempo a opinião de Marx sobre Engels mudaria radicalmente. Quando Engels se encontra com Marx, pela segunda vez, em agosto de 1844, havia entre eles uma forte admiração recíproca e uma enorme identidade ideológica".

Em outra parte do documento, o NEMLM assim resume a importância da temática: “O Marxismo só pode se desenvolver no fogo da luta de classes e no combate implacável ao revisionismo. Por isso, o pensamento de Engels foi tão importante para o surgimento do Marxismo-Leninismo e foi fundamental para o desenvolvimento superior do Marxismo-Leninismo-Maoismo. Tal é o corretíssimo ensinamento do grande Lenin: ‘Não se pode entender o marxismo nem se pode apresentá-lo de maneira completa, sem ressaltar-se todas as obras de Engels’. E, dentre esses ensinamentos, têm grande importância hoje para nós as obras do grande sistematizador do Marxismo que tratam da Revolução Democrática. Afinal, como nos ensina o Presidente Gonzalo com sua magistral afirmação de que o fundamental do Maoismo é o Poder, o Poder para o proletariado em todos os tipos de revoluções em curso; da mesma maneira devemos buscar no Marxismo-Leninismo os ensinamentos que guiam o proletariado ao Poder. E as lutas de Engels pelo impulsionamento da Revolução Democrática na Alemanha são de suma importância para os revolucionários, especialmente no Terceiro Mundo”.

O documento pode ser acessado no portal de AND.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin