PE: Crime contra o povo em meio às chuvas

Desde o dia 25 de maio o estado de Pernambuco tem sido atingido por fortes chuvas. Até o dia publicação desta matéria haviam sido confirmados os números de 129 pessoas mortas, cerca de aproximadamente 10 mil desabrigadas e 120 mil desalojadas. Enquanto isso, os governos de turno que utilizam a situação para culpar uns aos outros são denunciados pelo povo trabalhador. As massas protestam e denunciam como crime premeditado a tragédia em Recife.

Severino Soares

Moradores procuram pessoas soterradas durante chuvas em Pernambuco

As cidades mais atingidas pelo temporal e onde houveram mais mortes foram a capital Recife e as cidades da região metropolitana Jaboatão dos Guararapes, Olinda e Camaragibe. O bairro Jardim Monte Verde, na divisa dos municípios de Recife e Jaboatão dos Guararapes, foi o local que registrou mais mortes até o momento. Foram confirmadas 20 mortes na localidade.

Indignação toma forma de protesto

No dia 29/05, moradores da comunidade Bola de Ouro, em Jaboatão dos Guararapes, fizeram uma manifestação na altura do quilômetro 11 da BR-232. Com pneus incendiados, os trabalhadores bloquearam a pista para exigir a presença de militares do Corpo de Bombeiros para atuarem no resgate de vítimas soterradas em um deslizamento.

"Na verdade, isso não é uma tragédia. Isso é uma chacina. Porque todos os anos isso acontece, sendo que não tinha acontecido ainda nessa proporção. E isso, infelizmente, está longe de mudar. Se o governo e a prefeitura fizessem alguma coisa, isso não aconteceria todos os anos. Todo ano é família enterrando entes queridos. Isso não muda." afirmou o mecânico Edson Souza, em entrevista ao monopólio de imprensa TV Jornal.

"O povo constrói casa em barreira, porque não tem onde morar. É a necessidade. O governo não dá suporte ao povo para uma moradia digna. Ainda tem gente que diz: 'É perigoso fazer casa em barreira, e o povo faz'. Ou paga o aluguel ou come, essa é a realidade do pobre", concluiu o trabalhador, em denúncia às precárias condições de vida.

Clique aqui para acessar nosso programa de áudio.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin