Opiniões - 37

A- A A+
Pin It

Acampamento José e Nélio

Jacinópolis — Nova Mamoré/RO

Nós, do Acampamento José e Nélio, formamos grupos para ler e estudar o AND dois sábados por mês. Estudamos e discutimos com os companheiros, pois a maioria dos camponeses é analfabeta. Com A Nova Democracia desenvolvemos a leitura. Nos informamos das questões políticas do Brasil e sobre os acontecimentos mais importantes para nós, camponeses, que estamos numa área em luta, desenvolvendo a Revolução Agrária.

Os camponeses precisam urgentemente de terra para plantar, produzir e viver com dignidade e não têm mais ilusão com essa reforma agrária mentirosa do governo. Só com a revolução agrária o Brasil e seu povo podem sair da ruína.

Agradecemos a publicação da matéria sobre os acampamentos de Jacinópolis que enviamos e foi publicada na íntegra. Isso é muito importante para nós.

O nosso acampamento é organizado pela Liga dos Camponeses Pobres de Rondônia e dirigido pela Assembléia do Poder Popular — órgão máximo que decide sobre todos os assuntos da luta dos camponeses e que dá importantes contribuições para o país.

Nossos sinceros agradecimentos!

Acampamento José e Nélio.


Mensagem estimulante

Agradeço a citação por Archibaldo Figueira de um texto que escrevi sobre a logística aeroportuária. Quando, naquele contexto, se acrescenta o fato dos dirigentes da ANAC e da INFRAERO serem despreparados para as funções, se eleva a probabilidade de outras tragédias ocorrerem.

Paralelamente, cuidados básicos com a segurança deveriam estar sendo tomados pelas empresas aéreas, reestudando seus SOP (Standard Operations Procedures) e mudando a mentalidade de considerar gasto em suprimento e manutenção como custo, e não como investimento.

À ANAC, dentro da atribuição de incentivar as atividades da indústria do transporte aéreo, caberia buscar, junto ao governo federal, condições especiais de importação, que possibilitassem às empresas do setor receber suprimento com agilidade competitiva, a partir dos fabricantes estrangeiros. Cabe também à ANAC criar processos informatizados de fiscalização da execução dos programas de manutenção das empresas aéreas.

Saliento que, após a implantação da ANAC, todas as tarifas de serviços foram, indecentemente, aumentadas para uma prestação de serviço de pior qualidade.

Atenciosamente.

Cel. Av. Marcelo Hecksher
Sobradinho-DF



Estudantes põem ordem na Universidade

Sabendo que na manhã do dia 4 de setembro haveria uma reunião do Conselho Superior da Universidade — CONSUN, para aprovar o projeto Reuni*, dezenas de estudantes, juntos com o Diretório Central dos Estudantes DCE — gestão Dias de Luta — ocuparam a reitoria da Universidade Federal de Rondônia na noite do dia 3 de setembro, segunda-feira.

Devido à pressão estudantil, a Administração Superior da UNIR assinou um termo de compromisso, prometendo atender às reivindicações dos estudantes.

A Assembléia, na manhã do dia 5, decidiu pela desocupação, diante da conquista das exigências.

Veja o termo de compromisso assinado entre a Administração Superior da UNIR e o DCE:

1) Estabelecimento de uma agenda de discussão, na forma de Seminários Institucionais, a serem realizados nos campi da UNIR, garantindo a representação dos estudantes (DCE), representação dos professores (Adunir), representação dos servidores técnico-administrativos (Sintunir) e da Administração Superior e que tenha como objetivo debater as implicações da adesão da UNIR ao REUNI;

2) Que as sessões dos Conselhos Superiores da UNIR sejam realizadas a partir do momento em que os representantes discentes estejam devidamente eleitos e empossados e que a Diretoria do DCE/UNIR assume o compromisso de realizar a reunião do Conselho de Entidades de Base — CEB/ DCE com a pauta correspondente à eleição da Comissão Eleitoral responsável pela condução dos trabalhos relativos as eleições para representantes discentes nos Conselhos Superiores da UNIR. O prazo máximo é 22 de setembro de 2007. Levar para o CEB o indicativo de que a eleição possa se realizar no prazo máximo de 15 dias após a tirada de Comissão Eleitoral;

3) Criação de um Grupo de Trabalho, com indicação de membros pelo DCE, que discuta e apresente propostas relativas à implementação do Restaurante Universitário (no sistema bandejão e com subsídio) e da Moradia Estudantil nos campi da UNIR, tendo também uma preocupação específica de apresentar propostas para a regulamentação da situação da Casa do Estudante Universitário do Campus de Agronomia de Rolim de Moura, no prazo de 30 dias;

4) Concessão de 90 bolsas para estágio não obrigatório, a partir de 2008 no valor de R$400,00;

5) Concessão de 100 bolsas para vale-transporte, a partir de 2008 no valor de R$40,00;

6) Concessão de 100 bolsas para alimentação, a partir de 2008 no valor de R$80,00;

7) Instalação de chuveiros no bloco de Enfermagem, no prazo de 30 dias;

8) Substituição das lousas e aquisição de novas cadeiras para o curso de Pedagogia;

9) Melhoria das condições dos banheiros do bloco de Psicologia, no prazo de 30 dias;


*Projeto demagógico do governo de "ampliação de vagas" na universidade. O Reuni promete aumento de vagas, mas não garante o das verbas para sustentar essa expansão.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja