Matador de Dorothy Stang será julgado de novo

A- A A+

Somente em março poderá ser fixada definitivamente a pena imposta a Rayfran das Neves Sales, que executou, por 50 mil reais, a missionária ianque Dorothy Stang, em fevereiro de 2005 no município de Anapu, sudoeste do Pará. Por seis votos a cinco, as Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça daquele estado anularam o julgamento de 23 de outubro, no qual a sentença decretada em Belém foi de 27 anos de prisão.

Para anular a condenação, o advogado de Rayfran Sales, César Ramos, impetrou habeas corpus, lançando mão de tese segundo a qual naquela oportunidade houve cerceamento de defesa: o juiz Raimundo Moisés Alves, que presidiu o julgamento, indeferiu a tese de "homicídio privilegiado pelo motivo de relevante valor moral", prejudicando assim o acusado.

No julgamento realizado em 23 de outubro na capital paraense, o júri acatou, por unanimidade (sete votos a zero) o argumento de que Rayfran executou a missionária por motivo torpe e com promessa de recompensa.

De acordo com o Ministério Público do estado, a morte foi encomendada por R$ 50 mil, pagos por fazendeiros da região. Durante o julgamento, o réu confirmou a autoria do crime, mas negou que tenha sido contratado para matá-la. O júri o condenou por homicídio duplamente qualificado.

O advogado César Ramos, no pedido de habeas corpus, reclamou que o juiz, ao não aceitar uma das teses da defesa, cerceou o réu no tocante ao direito constitucional de pleno direito de defesa.

A anulação do julgamento de 23 de outubro não significa, entretanto, que Rayfran ficará em liberdade até a realização de outro. Ele permanecerá preso, pois a decisão das Câmaras Reunidas não cessa a situação jurídica anterior, que determinava que Rayfran das Neves Sales aguardasse o julgamento na prisão.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja