Estado burguês-latifundiário proíbe escola itinerante para camponeses no RS

A- A A+

Seguindo "orientação" do Ministério Público, o governo do Rio Grande do Sul determinou o cancelamento dos convênios com o MST que mantinham escolas itinerantes em acampamentos de Sem-Terra.

http://www.anovademocracia.com.br/51/10a.jpg
Crianças brincam em escola itinerante

As escolas funcionavam há mais de 13 anos nos acampamentos do estado do Rio Grande do Sul e cumpriam o papel de instruir centenas de crianças.

A política de ataque às escolas para os filhos dos camponeses, muitas vezes a única opção para as famílias educarem seus filhos, já estava em andamento. No ano passado, o Governo do Estado atrasou em 9 meses os salários dos educadores e não fornecia material didático.

Súbito, sem qualquer consulta às famílias, o governo do estado determinou a transferência das crianças acampadas para escolas municipais das cidades mais próximas. Mesmo os prefeitos protestaram contra a decisão, alegando não possuírem recursos para receberem as crianças.

De acordo com a coordenação das escolas itinerantes, o prefeito de São Gabriel, Rossano Gonçalves (PDT), declarou que prefere que as escolas itinerantes atendam as crianças do município. As escolas itinerantes custam R$ 16 mil ao Governo do Estado, enquanto apenas São Gabriel precisaria desembolsar R$ 48 mil em transporte escolar para atender estas crianças.

Como  protesto, uma sala de aula foi montada no meio do asfalto e bloqueou o trânsito na BR-386, no norte Gaúcho. No sul do estado, aulas foram ministradas em frente à Coordenadoria Regional da Educação de Pelotas. Em Canoas, região metropolitana de Porto Alegre, famílias se recusaram a matricular seus filhos nas escolas determinadas pelo Ministério Público. 

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja