Notas

A- A A+
Pin It

Negócios espúrios

Tem sido uma prática constante. O governo do estado de São Paulo emprega recursos públicos para comprar assinaturas de jornais e revistas pertencentes a grupos a serviço da exploração do povo brasileiro. Só no ano passado a editora Abril, que publica a revista Veja, recebeu a vultuosa quantia de R$ 10 milhões do governo controlado pelo PSDB! É dinheiro público sendo usado para manipular as massas.

Baque no monopólio da imprensa

O Instituto Verificador de Circulação (IVC) mediu e divulgou: a tiragem dos jornais de maior circulação do Brasil vem caindo sistematicamente. Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e O Dia estão entre os que perderam mais circulação, sobretudo neste primeiro trimestre de 2009. Não vendem, nem influenciam tanto quanto antigamente. O Globo, só na última década, perdeu mais de 20% da circulação. Por outro lado a tiragem dos jornais populares e democráticos vem subindo (o que infelizmente não consta do relatório do IVC). Parece que as pessoas acreditam cada vez menos no que dizem os porta-vozes do velho Estado e das classes dominantes locais.

Globo na favela?

No dia 30 de maio último, o Complexo do Alemão amanheceu em festa. Era a sexta edição do Circulando, evento anual organizado pelos moradores da favela com shows de música e exposições fotográficas, além de grafittis em muros e paredes. O som, as cores e a alegria mostram uma parte da favela que permanece invisível aos olhos do monopólio da imprensa, que insiste em dizer que no morro só há bandidos. Pela primeira vez em seis anos a TV Globo cobriu o evento, o que num primeiro momento poderia parecer contraditório. No entanto, o interesse da emissora ficou evidente ao final da reportagem: a festa foi utilizada para dizer que está tudo ótimo na favela – o recrudescimento da violência promovida pelo Estado foi totalmente omitido (ver matéria na página 7 – Globo, porta-voz da repressão oficial).

Pescador assassinado no RJ

Terminou em morte mais uma "parceria" da polícia com uma empresa privada. O pescador Paulo Cesar Santos foi assassinado no dia 22 de maio, em Magé (RJ). Integrante da Associação Homens do Mar, ele protestava contra a construção de um gasoduto da Petrobrás, obra que vinha sendo tocada pela empreiteira GDK. As denúncias dão conta de operações policiais frequentes para impedir as manifestações dos trabalhadores.

Contra Igreja Universal, Globo diz amém a pentecostais

Em uma série de matérias exibidas no carro-chefe do seu aparato de contra-propaganda, o Jornal Nacional, a Rede Globo resolveu levantar a bola de meia dúzia de seitas religiosas, rendendo loas a projetos assistencialistas de igrejas pentecostais, chegando mesmo a fazer apologia da catequese protestante dos povos indígenas do Brasil. O motivo é a guerra de audiência cada vez mais acirrada que a Globo vem travando com a TV Record, que é propriedade de Edir Macedo, chefe da Igreja Universal do Reino de Deus. A primeira igreja exaltada pela Globo na série de reportagens foi a Assembléia de Deus, principal concorrente da Universal no "mercado da fé". Enquanto corre atrás do Ibope, a Globo aproveita para tentar tapear o povo, desmerecendo a ação política revolucionária enquanto enaltece projetos picaretas que visam "contribuir para a redução do sofrimento da população através da pregação da palavra de Deus".

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja