Notícias da Guerra Popular

A- A A+
Pin It

Filipinas

Lançadas as Obras Escolhidas de Jose Maria Sison

Em breve ocorrerá, no Canadá, o lançamento dos dois primeiros tomos das obras escolhidas do professor Jose Maria Sison. O Lançamento, promovido pela Casa Norman Bethune, terá lugar no dia 7 de novembro, a partir de 14h na livraria, Situéeau 1918, Frontenac, Montreal

O professor Sison, que vive atualmente na Holanda como refugiado político, fará uma exposição em videoconferência sobre o 92º aniversário da Revolução Bolchevique.

José Maria Sisón é o fundador do Partido Comunista das Filipinas e do Novo Exército do Povo, que sustenta heróica guerra popular há mais de 40 anos naquele país. Preso durante o regime militar-fascista de Ferdinando Marcos, ficou encarcerado durante nove anos e, sob constante ameaça de morte, se exilou em 1986. Na Holanda, Sison desenvolve importante atividade em prol da luta dos povos de todos os países, participando de conferências e congressos. Jose Maria Sison é presidente da Liga Internacional de Luta dos Povos – ILPS, que agrega organizações democrático-revolucionárias de diversos países em todos os continentes e é considerado um dos maiores pensadores marxistas da atualidade.

Os dois primeiros volumes de suas obras escolhidas foram publicados recentemente pelo editor filipino Aklat ng Bayan (www.aklatngbayan.org). O primeiro tomo abrange o período de 1991/1995. O segundo se estende até 2000.

 

Índia

Guerra Popular avança vitoriosa

No último dia 8 de outubro, horas após um ataque demolidor da Guerra Popular dirigida pelo Partido Comunista da Índia (maoísta) contra o gabinete da administração de Gadchiroli, no estado de Maharashtra, uma emboscada do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação golpeou duramente as forças de repressão.

Um grupo de 150 naxalitas - como são conhecidos os maoístas na Índia - surpreendeu cerca de 50 policiais que patrulhavam o distrito deixando 17 policiais mortos, entre os quais um subinspetor da Polícia.

 

Peru

Imprensa reacionária peruana não pode mais esconder ações

Citando fontes policiais de Huallaga, a agência Inforegion noticiou o aparecimento constante de grande número de bandeiras vermelhas com a foice e o martelo na estrada de acesso do vale de   Monzón bem como materiais de agitação e propaganda maoísta na região.

A imprensa peruana também publicou notícias de um novo ataque contra a base militar "União Mantaro", localizada na província de Huanta. O ataque ocorreu no último dia 25 de outubro e resultou em um combate de várias horas, resultando em vários feridos entre as forças do exército reacionário, incluindo três militares mortos.

Também em outubro, a imprensa peruana repercutiu as declarações do general Valencia, chefe da Frente Policial Huallaga, que afirmou ter preso em Aucayacu, Ruben Valle Rojas, o camarada "Javier". Javier é acusado como responsável pela execução de Deodora Espinoza Vara. Segundo o general, a ordem para a execução de Deodora partiu do Comitê Regional do Centro do PCP, que a considerava inimiga do povo.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja