Campanha de finanças e apoio à AND - O que falta para alcançarmos nossa meta?

A- A A+
Pin It

Encerramos o segundo mês de nossa campanha nacional de finanças. Portanto, chegou o momento de mais um balanço parcial.

Desde a abertura da campanha, iniciada em 1º de outubro, foram arrecadados R$ 4.280,00, sendo que, comparativamente, no mês de novembro houve um perceptível aumento no número de assinaturas do jornal. O valor arrecadado cresceu 180% nesse período.

No entanto, completados 2 meses de campanha, atingimos apenas 21,4% de nossa meta, ou seja, pouco mais de 1/5 dos R$ 20.000,00 definidos como a meta de nossa campanha nacional de finanças.

Temos um mês para conquistarmos R$ 15.720,00 e alcançar nossa meta.

Seria essa uma tarefa impossível? Uma meta inatingível? Acreditamos, mesmo diante das dificuldades que enfrentamos, que não.

O mês de dezembro é o mês em que a ideologia burguesa bombardeia as massas de forma mais massacrante com suas idéias individualistas e consumistas. Isso porque sabem que nesse período parte dos trabalhadores recebe seu 13º salário, e querem que gastem tudo com futilidades para fazer circular o capital.

Somente enfrentando essa cruzada mercadológica e gastando nossa energia e poder de argumentação, poderemos fazer com que novos leitores passem a assinar o jornal e antigos apoiadores renovem suas assinaturas e, dessa forma, não gastem todo o seu dinheiro com as festas de fim de ano e decidam apoiar imprensa democrática e popular que está todos os dias do ano ao seu lado.

Gostaríamos de ressaltar o importante trabalho desempenhado pelo comitê de apoio ao jornal no Rio de Janeiro (capital), que com as brigadas de agitação e propaganda nos trens, tem atraído novos leitores e divulgado o jornal entre milhares de trabalhadores. Com isso, novos leitores e apoiadores têm sido estimulados a entrar em contato com a redação solicitando assinaturas e declarando seu apoio ao jornal.

Gostaríamos também de destacar o primeiro impulso dado à campanha pelos companheiros do Norte Fluminense, Rio de Janeiro (capital), Baixada Fluminense (Duque de Caxias), Belo Horizonte e Região e São Paulo (Capital), que logo na abertura da campanha conquistaram as primeiras assinaturas e doações.

Realmente esse primeiro impulso foi decisivo, mas a locomotiva do nosso movimento não cumprirá sua jornada apenas com um primeiro empurrão. É preciso que mantenhamos suas máquinas acesas, que alimentemos sua fornalha. Estamos certos que com o esforço de todos, alcançaremos nossos objetivos.

{mosloadposition pagseg}

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja