União Europeia cada vez mais racista

A- A A+
72/17d.jpg
Mubenga, morte misteriosa ao ser deportado da Inglaterra para Angola
A organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) denunciou que, no norte da África, a polícia do Marrocos atacou violentamente e sequestrou centenas de imigrantes em várias cidades do país, incluindo mulheres e crianças, e os abandonou sem água e comida em uma região desértica na fronteira marroquina com a Argélia.

Segundo a MSF, entre 600 e 700 pessoas foram capturadas feito animais entre os dias 19 de agosto e 10 de setembro e abandonadas no deserto. O Marrocos costuma ser usado por muitos migrantes africanos como porta de entrada para a Europa, e a ação fascista da polícia marroquina se explica à luz dos acordos em matéria de "cooperação para combater a imigração legal" firmado entre a administração do país africano e a União Europeia.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja