Belo Horizonte: Rodoviários denunciam oportunismo e acordo lesivo

A- A A+

Os trabalhadores em transportes rodoviários de Belo Horizonte e região se encontram entre a cruz e a espada: por um lado, a ganância patronal, que vem retirando e atacando os poucos direitos conquistados ao longo de décadas de lutas. Por outro, o oportunismo de uma casta de "sindicalistas" que se beneficiam e enriquecem selando acordos lesivos à categoria.

Antes de iniciar a campanha salarial, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de BH e Região anunciou como reivindicações da categoria: aumento salarial de 23%, sendo 16,5% referente a reajuste real e o restante a correção inflacionária, jornada de trabalho de seis horas diárias e o fim dos ônibus sem cobradores.

Mas no decorrer da dita campanha, o que ficou patente, tanto pela postura dos dirigentes sindicais como pela presteza patronal em selar os acordos, foi a traição dos anseios dos trabalhadores e a venda dos seus direitos em troca de comissões.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja