O capital especula com os alimentos na América Latina

A- A A+

76/15b.jpg

Quando os preços dos alimentos sobem, quem sofre com maior intensidade são os mais pobres, esse é um axioma irrefutável. De fato, a vulnerabilidade se assenta no fato de que a renda dos pobres em grande parte será destinada a cobrir as necessidades alimentares. O escritório regional da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), assinala que esse gasto oscila entre 60 e 70% da renda em alimentos. A situação é ainda pior nos países semicoloniais que importam tanto seus alimentos como hidrocarbonetos.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza