A sangrenta corrida imperialista na Costa do Marfim

A- A A+

Os monopólios em crise profunda requisitam a África e o reflexo atual mais evidente deste recrudescimento da corrida imperialista no continente africano – além da atual ofensiva militar desencadeada pela Otan contra a Líbia – é a intervenção das potências na Costa do Marfim, pobre semicolônia da África subsaariana. Intervenção essa que visa garantir às transnacionais ianques e europeias o controle das abundantes fontes de matérias-primas locais ante o avanço de outros países com pretensões imperialistas, com destaque para a China.

Como o que ora transcorre na Líbia, as duas potências capitalistas que se adiantam no avanço sobre o território marfinense são o USA e a França, ex-metrópole da Costa do Marfim com um histórico de sangrenta opressão e ingerências contra o povo marfinense, antes e depois da "independência" da ex-colônia de fato.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja