Explode a rebelião popular no Afeganistão

A- A A+
77/18b.jpg
De Cabul a Qualat, de Nimroz a Kandahar, milhares de afegãos foram às ruas...

O imperialismo, chafurdado em profundas dificuldades em sua aventura no Afeganistão, viu o país ebulir em vigorosas rebeliões populares no mês de abril na sequência de uma provocação feita por um fanático religioso ianque, que, no USA, pôs fogo em um exemplar do Corão, cacarejando que o livro-base do Islã é "responsável por assassinatos e pelo terrorismo". Um livro, e não os chefes das potências capitalistas.

Foram vários dias de intensos protestos que, a despeito da forte repressão que vigora no Afeganistão sob a ocupação imperialista, reuniram milhares de pessoas em marchas e corajosos enfrentamentos com a polícia e os militares em várias cidades do país: de Cabul a Qalat, de Nimroz a Kandahar.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza